PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

AS VOZES DA NATUREZA – Olegário Mariano

As vozes que nos vêm da natureza
Traduzem sempre um mútuo sentimento.
Cantam as frondes pela voz do vento,
Pelo manancial canta a represa.

Pelas estrelas canta o firmamento
Nas suas grandes noites de beleza.
Cada nota a outra nota vive presa,
É um pensamento de outro pensamento.

Pelas folhas murmura a voz da estrada,
Pelos salgueiros canta a água parada
E o amigo sol, apenas se levanta,

Jogando o manto de ouro ao céu deserto,
Chama as cigarras todas para perto,
Que é na voz das cigarras que ele canta.

Olegário Mariano Carneiro da Cunha, Recife-PE, (1889-1958)

DEU NO X

ALEXANDRE GARCIA

MITOMANIA

Governo quer reduzir porcentagem de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza até 2031

Até ontem, o Brasil tinha 33 milhões de famintos. De um dia para o outro, a maioria ficou alimentada, nutrida. Explico: Lula e a mídia vinham repetindo, como fazia Goebbels, que o Brasil tem 33 milhões de famintos. Claro que quem tem olhos para ver não via isso, ou as ruas estariam cheias de pedintes do tamanho de três Portugal. Mas Lula e sua mídia repetiam: 33 milhões de brasileiros famintos. Agora aparece o Banco Mundial para estragar a vigarice: o Brasil nunca teve tão baixa extrema pobreza. Despencou de 25 milhões em 1990 para 1,9 milhão em 2020. Para os padrões econômicos internacionais, extrema pobreza é de quem ganha menos que US$ 2,15 por dia. O Auxílio Brasil corresponde ao dobro disso.

Só o Paraguai conseguiu semelhante proeza na América Latina. Outros estão dobrando a pobreza. Mas a mitomania tupiniquim gostou dos 33 milhões e ficou a repetir. Certa vez Lula explicou a Jaime Lerner que bastava citar um número que ninguém tinha como checar. Ele se referia a 25 milhões de crianças de rua sem ter onde morar. O arquiteto Jaime Lerner observou que, com essa multidão, não conseguiríamos sair às ruas e Lula admitiu que inventava os números para impressionar os europeus. Agora impressionou brasileiros desinformados e que não acreditam naquilo que seus próprios olhos veem nas ruas brasileiras.

A mentira desmoralizada foi usada na campanha eleitoral sem que o TSE tenha agido com a mesma repressão com que atuou contra aquilo que, do alto de sua divindade, qualificou de fake news. Até aqui, nenhuma novidade, já que é do conhecimento público a parcialidade do tribunal nessa eleição. Imaginem que agora, depois das anomalias mostradas pelo argentino, apenas pelo fato de Marcos Cintra ter cobrado uma explicação do TSE, ele foi bloqueado nas redes sociais e tratado como bandido, com prazo de 48 horas para a Polícia Federal colher seu depoimento. O ex-presidente do TSE, ministro Marco Aurélio Mello, não viu crime em estranhar que só Lula tivesse voto em dezenas de seções, algo que “é difícil conceber”, nas palavras de quem já presidiu eleições.

Revogou-se a Constituição nos artigos 5.º e 220, que tratam da liberdade de expressão e da proibição da censura. E criou-se o crime de opinião – já faz três anos. Muito por causa da imobilidade do presidente do Senado, a quem cabe a responsabilidade por não coibir os reiterados desrespeitos à Constituição. Resta-nos a vergonha de estarmos exportando para ditaduras o estímulo para censurar liberdades. A Nicarágua acaba de imitar o Brasil: aprovou a Lei dos Delitos Cibernéticos, com até dez anos de prisão para quem postar o que, para a ditadura, seja fake news. Mentir sobre 33 milhões de famintos é verdade. A verdade da mentira.

DEU NO X

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LUIZ CARLOS SANCHO DE PANZA – SANTO ANDRÉ-SP

Berto,

AVISO IMPORTANTE

O canal digital O POVO DA FÉ (clique aqui para acessar) esta divulgando para que o pessoal que está NAS RUAS, que há relatos de criminoso suprimento com lanches e sucos contendo laxante, portanto torna-se importantíssimo observar a procedência do que está sendo entregue para alimentar os manifestantes pacíficos que estão de verde-amarelo nas ruas e avenidas do Brasil.

DEU NO X

A PALAVRA DO EDITOR

O TERROR ESTÁ PRÓXIMO

Janeiro está chegando…

Faltam menos de dois meses.

E aí o cenário vai mudar totalmente:

Vamos ter o super-ladrão Lula no Poder Executivo e o tirânico ditador Xandão no Poder Judiciário.

Já no Poder Legislativo…

Ah… Deixa pra lá.

Meu Senhor do Bonfim, dai muita força para mim…

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X