DEU NO X

É PERNAMBUCO !!!

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X

DEU NO X

JESUS DE RITINHA DE MIÚDO

VILANOVA AGORA É DO ACARY DO MEU AMOR

Da esq. para dir: Este colunista segurando a viola, Felipe Pereira, a primeira dama Renata Aquino, o prefeito Fernando Bezerra e o antológico poeta-cantador Ivanildo Vilanova

Na noite da última sexta-feira (04/11), eu estive presente no Largo do Museu do Sertanejo, na abertura do II Encontro de Genealogia de Acary, evento acontecendo dentro da Semana Cultural da minha cidade querida.

A noite começou com uma palestra sobre a influência dos usos e costumes judaicos herdados dos nossos antepassados, ministrada pelos professores Fabiana Agra e Janduih Medeiros, e foi encerrada com a apresentação de dois poetas violeiros repentistas: o jovem natalense Felipe Pereira e o monstro sagrado da viola Ivanildo Vilanova, pernambucano de Caruaru.

Felipe eu vejo como o mais promissor poeta violeiro repentista do Brasil. E digo sem medo que será o maior nome de sua geração nessa arte (foi uma honra tê-lo entre nós).

Pois bem, para a minha surpresa, eu descobri ao final do evento da noite de sexta que Ivanildo Vilanova escolheu Acary para morar.

Há quinze dias ele se fixou em nossa terra.

Para nós acarienses, que conhecemos sua importante obra e a envergadura do seu nome dentro do universo da arte, e até da MPB, esse fato muito honra o nosso torrão.

Poderá nascer agora um intercâmbio fantástico de conhecimentos, gerando a aproximação dos nossos jovens com a poesia extraordinária de Ivanildo Vilanova e, assim, introduzir as novas gerações no fantástico ambiente da arte escrita e cantada.

Por exemplo, a música “Nordeste Independente” (sobre o mote Imagine o Brasil ser dividido / E o Nordeste ficar independente), eternizada na voz de Elba Ramalho, é uma composição dele em parceria com o também poeta Bráulio Tavares.

Para mim, fã de sua obra, foi a surpresa mais agradável e a melhor descoberta da noite. Pude abraçá-lo e falar de minha admiração.

Uma honra enorme e uma satisfação sem tamanho poder dizer, doravante, que Acary também é de Vilanova. Que Vilanova também é de Acary. Do Acary do meu amor. Do amor de todos nós.

Seja bem-vindo, Ivanildo Vilanova!

* * *

PS.: Na manhã de ontem, em parceria com Dra. Kyvia Motta, falei na importância para a sociedade brasileira da judia sefardita Branca Dias. Grande mulher e matriarca, denunciada, condenada e presa pela Inquisição. Um mito tema de músicas, peças teatrais, documentário e lendas.

Mas, sobre ela falarei na próxima oportunidade.

* * *

Elba Ramalho interpretando “Nordeste Independente”, de Ivanildo Vilanova.

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA