COLUNA DO BERNARDO

DEU NO TWITTER

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

CONTRASTE – Padre Antônio Tomás

Quando partimos, no verdor dos anos,
Da vida pela estrada florescente,
As esperanças vão conosco à frente
E vão ficando atrás os desenganos.

Rindo e cantando, céleres e ufanos,
Vamos marchando descuidosamente…
Eis que chega a velhice, de repente,
Desfazendo ilusões, matando enganos.

Então nós enxergamos claramente
Como a existência é rápida e falaz
E vemos que sucede, exatamente,

O contrário dos tempos de rapaz:
– Os desenganos vão conosco à frente
E as esperanças vão ficando atrás.

Padre Antonio Tomás, Acaraú-CE (1868-1941)

COLUNA DO BERNARDO

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

HILARIDADE DOS APELIDOS

Quando se fala em apelido logo acorre à mente a cabroeira de Lampião, o Rei do Cangaço. É na horda bárbara que vamos encontrar pitorescos apodos. Os cangaceiros eram tratados, invariavelmente, pelas suas alcunhas; algumas picarescas, outras virulentas.

Essas alcunhas exprimiam: características pessoais, habilidades, tamanho da crueldade, coragem, vingança, fatos biográficos, vida de aventura ou elementos telúricos.

Porém, havia os que recusavam esses subterfúgios; bradavam com valentia os seus nomes verdadeiros para ofuscar o apelido.

Dentre as dezenas de apodos, de singular extravagância nominativa, tem-se: Cobra Preta; Bagaço; Besta Fera; Caninana; Corisco; Bicheiro; Cachimbo; Café Chique; Cansanção; Tempestade; Chico Caixão; Cravo Roxo; Devoção; Fiapo; Fura Moita; Bacalhau; Jararaca; Labareda; Latada; Mansidão; Mão-de-Grelha; Pancada; Pilão Deitado; Quinta-Feira; Rajado;; Ventania; Volta Seca, Anjo Novo; e por aí além.

Que tal transplantar para os políticos corruptos o critério adotado por Lampião, apodá-los consoante as suas características, seus perfis, seus protagonismos, como, aliás, procedeu a Odebrecht?

DEU NO JORNAL

ESTUDO NO ISTRANJERO

O medicamento antiparasitário ivermectina está sendo estudado na Universidade de Oxford como um tratamento possível para a covid-19.

É o que informou a instituição acadêmica, na segunda-feira 21. Trata-se de um estudo apoiado pelo governo do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, com a finalidade de auxiliar na recuperação de pacientes com coronavírus não hospitalizados.

Segundo a Oxford, o remédio provocou redução da replicação do patógeno em estudos laboratoriais.

O levantamento batizado de “Principle” mostrou, ainda, que administrar a droga antecipadamente pode reduzir a carga viral do microrganismo, além da duração dos sintomas em alguns pacientes com quadros leves da doença.

Atualmente, a ivermectina está sendo utilizada no mundo todo como atendimento imediato.

* * *

Sou analfabeto nestes assuntos de remédios e cachetes.

Deixo o comentário a critério dos doutos leitores fubânicos.

É boa ou é ruim esta iniciativa da Universidade de Oxford?

Isso também é culpa do Bolsonaro?

Aguardo a manifestação de vocês.

A PALAVRA DO EDITOR

HOJE É VÉSPERA DE SÃO JOÃO

23 de junho, véspera do Dia de São João.

Conforme a boa tradição nordestina, hoje é dia de acender a fogueira no final da tarde e celebrar.

Com muita música, comida e bebida.

Canjica, pamonha e milho assado, entre vários outros itens, são o cardápio da noite de hoje.

Chupicleide já me comunicou que encerrará o expediente mais cedo nesta quarta-feira.

E que não virá trabalhar amanhã, pois é feriado aqui no Recife e em todo o nordeste.

Assim como em outras regiões do país se deseja “Feliz Natal” no final do ano, por aqui a gente deseja “Feliz São João” no dia de hoje.

Chupicleide fez um vale de adiantamento de salário e ficou com os dentes arreganhados de tanta felicidade.

Isto por conta das doações feitas esta semana pelos leitores Amaro de Santana, Luiz Cesar, Luiz Granja, M.B.S, Marcos Sousa e Eurico Schwind.

Nossa espevitada secretária vai encher a cara lá no Alto do Mandu, a partir das seis da tarde, no Bar dos Três Cacetes.

Brigadão a todos vocês que colaboram pra manutenção desta gazeta escrota, cuja  hospedagem e assistência técnica estão sob a responsabilidade da empresa Bartolomeu Silva.

Abraços e um Feliz São João para toda a comunidade fubânica!!!!

DEU NO JORNAL

UM EXCELENTE LUGAR

O procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro, do Rio de Janeiro, advertiu nesta terça (22) que o melhor lugar para o criminoso Lázaro Souza se esconder é qualquer uma das cerca de 1.500 favelas do Rio de Janeiro.

* * *

De fato, um excelente local pro bandido celebridade se esconder.

A polícia do Rio já identificou a presença de vários bandidos de outros estados escondidos por lá.

E com a proteção do Supremo, que proibiu a polícia de chegar perto dos cumpanheros!!!

COLUNA DO BERNARDO

DEU NO JORNAL

SEMPRE EM ALTA

Depois de ultrapassar a média diária de um milhão de doses nos últimos sete dias, o Brasil colhe os resultados da turbinada na campanha de vacinação neste mês de junho.

Ao aplicar mais de 22 milhões de doses nos primeiros 22 dias e em franca aceleração, o Plano Nacional de Imunização (PNI) deve superar o resultado de abril e fazer de junho o primeiro mês com mais de um milhão de vacinas aplicadas por dia.

O recorde anterior foi em abril, quando o PNI aplicou 24,6 milhões de doses, segundo o vacinabrasil.org.

* * *

Esta notícia não saiu ontem no Jornal Nacional.

Nem vai sair no resto da grande mídia funerária.

Mas sai aqui nesta gazeta escrota.

Só pra deixar putos os componentes do time dos negativistas idiotais descerebrados.

Nesse ritmo de vacinação, a CPI da babaquice terá muito em breve 100 milhões de motivos pra fracassar