PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

A ESPERANÇA – Augusto dos Anjos

A Esperança não murcha, ela não cansa,
Também como ela não sucumbe a Crença.
Vão-se sonhos nas asas da Descrença,
Voltam sonhos nas asas da Esperança.

Muita gente infeliz assim não pensa;
No entanto o mundo é uma ilusão completa,
E não é a Esperança por sentença
Este laço que ao mundo nos manieta?

Mocidade, portanto, ergue o teu grito,
Sirva-te a crença de fanal bendito,
Salve-te a glória no futuro – avança!

E eu, que vivo atrelado ao desalento,
Também espero o fim do meu tormento,
Na voz da morte a me bradar: descansa!

Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos, Cruz do Espírito Santo, Paraíba (1884-1914)

 

DEU NO TWITTER

HÉLIO CRISANTO - UMA LUA, UM CAFÉ E UM BATENTE

DUAS GLOSAS

Foto deste colunista, feita no hospital onde trabalha

Mote do colunista:

Isso nos prova demais
Que só entre os animais
Existe amor verdadeiro

Sem saber que o seu dono
Dias atrás faleceu
Vive assim no abandono
Longe do amigo seu.
Toda manhã ele deita
Fica calado a espreita
Esperando o companheiro
Isso nos prova demais
Que só entre os animais
Existe amor verdadeiro

O seu olhar suplicante
Sem um pingo de malícia
Mostra uma dor lancinante
Como quem pede noticia.
Olha por uma vidraça
Implorando por quem passa
Um aceno derradeiro
Isso nos prova demais
Que só entre os animais
Existe amor verdadeiro

DEU NO TWITTER

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

GILBERTO OLIVEIRA – PARNAIBA-PI

Boa tarde, grande Berto!

Olha aí o que está circulando nas redes.

Foi captado agorinha no youtube.

R. Meu caro amigo, embora você diga que o vídeo “foi captado agorinha”, a Chupicleide me informou que não é coisa acontecida nos últimos dias.

Até porque, como sabemos nós, nos últimos dias Lula está trancado a sete chaves (êpa!), se cagando de medo de botar os pés na rua.

Parece que o vídeo que o você nos mandou não é coisa recente.

Mas vamos tirar a dúvida agora:

Os bem informados leitores fubânicos vão ver as excelentes imagens que você nos mandou e vão nos informar a data real do acontecido.

Ver Lula ser escorraçado pelo povão é sempre um fato auspicioso.

Aguardemos o que dirão os leitores sobre a data.

Brigadão pela força e pela audiência.

DEU NO TWITTER

DEU NO JORNAL

SEM MÁSCARA, PAPA CHAMA BRASILEIROS DE CACHACEIROS, E A MÍDIA ACHA BONITO

Luciano Trigo

Quando assisti ao vídeo que me mandaram pelo Whatsapp hoje cedo, achei que era uma montagem. Nele o Papa Francisco aparece – sem máscara, apertando a mão das pessoas e provocando aglomeração, diga-se de passagem – interagindo com um fiel, na verdade um padre de Campina Grande que está no Vaticano estudando Teologia.

Em meio a um grupo de fiéis no pátio de San Damaso, o padre brasileiro João Paulo pede ao pontífice: “Santo Padre, reze por nós, brasileiros”. O Papa responde: “Vocês não têm salvação. É muita cachaça e pouca oração”.

Oi?

Em uma época na qual criticar (ou defender) um povo de forma muito menos rude é motivo de cancelamento e linchamento virtual – por exemplo, a patrulha do politicamente correto decretou que é proibido criticar os radicais islâmicos por explodir ou decapitar cristãos, e que também é proibido defender qualquer atitude de Israel – imaginei que a reação à fala do Papa Francisco seria de escândalo. Ora, por muito menos já aconteceu muito mais.

Até porque o Papa é um chefe de Estado, de quem se espera um comportamento compatível com o cargo. Pelo menos é esta a postura de jornalistas que reagem como freiras virgens a qualquer fala do presidente Bolsonaro. Lembro que um jornal chegou a fazer a contabilidade dos palavrões ditos durante uma reunião vazada ilegalmente (Oh! O presidente fala palavrão! Impeachment nele!).

Corri para o Google e, vejam só, todos os portais de notícias acharam bonitinho e engraçado um Papa chamar os brasileiros de cachaceiros.

Entre outras manchetes, merecem destaque a da CNN e a da “Folha de S.Paulo”, reproduzidas abaixo:

Por coerência e honestidade intelectual, se o tratamento dispensado à grosseria do Papa fosse o mesmo dispensado às falas do presidente, as manchetes seriam:

“Papa Francisco faz piada xenofóbica e racista sobre os brasileiros”, ou

“Papa chama brasileiros de cachaceiros e provoca crise diplomática”, ou

“Papa ofende nordestinos ao responder a um padre”, ou

“Padre se nega a rezar pelos brasileiros e cai na risada”, ou ainda:

“Sem máscara, Papa genocida provoca aglomeração no Vaticano”

Mas não. Para a mesma mídia que crucifica qualquer um que não reze pela cartilha progressista, ou que não se ajoelhe no altar do politicamente correto, a grosseria do Papa foi apenas uma “fala descontraída”, um chiste inocente. O que seria tratado como um crime hediondo na boca do presidente é acolhido como algo engraçadinho na boca do Papa.

Mais que isso, a julgar pela cobertura da mídia, parece que foram palavras de ânimo e encorajamento que revelam o apreço que o Papa Francisco tem pelo Brasil e pelos brasileiros.

Definitivamente, vivemos em um país no qual não importa o que uma pessoa diz ou faz, mas quem diz ou faz. Nada de bom pode vir daí.

DEU NO TWITTER

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

ANTONIO MATIAS – AQUIDAUANA-MS

Meu nobre editor:

Após o fracasso das manifestações de ontem, com ruas totalmente vazias por falta de mortadela, as esquerdas já estão se preparando para o próximo evento.

Vai ser no mês de junho próximo.

Veja como está adiantado o serviço:

DEU NO TWITTER