DEU NO TWITTER

ROQUE NUNES – AI, QUE PREGUIÇA!

NO TRIBUNAL

Ao Bar de Ferreirinha

Dona Babilônia – apesar do nome, não se podia dizer que era uma das sete maravilhas do mundo. Mulher mais vesga e verruguenta estava ali. Mas, deixa pra lá – era testemunha de um caso de sedução em Cajazeiras. Aliás, cidade pequena, sem muito ter para que as pessoas se divirtam, abundam os casos de sedução de moçoilas. Vai que o Segismundo seduziu a Niquita, filha de dona Cornélia, que é parente por parte de pai da mãe do prefeito. Que isso fique bem claro: em cidade pequena, quando se nomina uma pessoa há a necessidade de se dar a genealogia vertical e horizontal do sujeito para que não fiquem dúvidas.

Pois bem, dona Babilônia, a dita testemunha, chamada para afiançar as qualidades e donzelices da Niquita, antes do ocorrido caso de sedução, já aboletada no banco das testemunhas foi inquirida pelo advogado da defesa. Todo bom advogado para manter a pose de isentão, ou mesmo de alheamento das coisas mundanas da vida faz esse tipo de presepada.

– Boa tarde dona Babilônia. A senhora por acaso me conhece?

– Claro que te conheço Carlinhos, desde quando você era moleque – disse a velha em um sorriso de boca de muitos verões passados. Que decepção você não foi para sua mãe! Desde pequeno esse moleque roubava. Era bala na venda de seu Manoel, ovo das galinhas de comadre Sinfrônia. Era e continua sendo mentiroso. Mentia descaradamente para o pai, matava aula. Já adolescente, você se lembra Carlinhos? Você teve que fugir daqui por causa da filha de seu Laurindo. Aquela que você prometeu casar com ela, mas só queria papar a coitada, e seu Laurindo disse que se te pegasse na estrada iria arrancar suas bolas pela garganta. Você era porquera até não poder mais.

O advogado de pardavasco ficou transparente, pigarreou, tossiu e emendou. E o nobre Promotor a senhora conhece?

– O Devair? Mas por demais da conta. Cansei de limpar esse menino que até os doze anos vivia se borrando todo. Agora é cachaceiro, nó cego, mentiroso. Me prometeu uma televisão nova e até hoje nada. Coitada da Laurinha, a mulher dele. Tem mais chifre que maxixe. Aliás, Carlinhos, uma das mulheres com quem ele sai é a sua viu? Ele ainda sai com a mulher do Chico, lá da Farmácia e até já se engraçou com a mulher do Osvaldinho, presidente da Câmara. Eu sempre falava para a comadre Crescência que o Devair não ia dar em nada. Ou ele se transformava em vagabundo, ou em advogado. Olha no que deu. Apesar de bem vestido, continua o mesmo safado de sempre.

O Promotor não sabia onde enfiar a cara e se mexia para todo lado na mesa.

Nisso, o doutor Etevaldo, juiz sério, bate o martelo e chama o advogado de defesa e o promotor.

– Olha só. Já vou deixar bem claro: se qualquer um perguntar a essa velha se ela me conhece, eu mando prender os dois, está claro?

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

TERRA DO BRASIL – Pedro de Alcântara (D. Pedro II)

Espavorida agita-se a criança,
de noturnos fantasmas com receio,
mas se abrigo lhe dá materno seio,
fecha os doridos olhos e descansa.

Perdida é para mim toda a esperança
de volver ao Brasil; de lá me veio
um pugilo de terra: e nesta creio
brando será meu sono e sem tardança.

Qual o infante a dormir em peito amigo,
tristes sombras varrendo da memória,
ó doce Pátria, sonharei contigo!

E entre visões de paz, de luz, de glória,
sereno aguardarei no meu jazigo
a justiça de Deus na voz da história!

Pedro de Alcântara (1825-1891)

Nome completo:

Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Leocádio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Bragança e Bourbon

DEU NO TWITTER

A PALAVRA DO EDITOR

UMA GAZETA SUBINDO NOS ARES DA BESTANÇA

Hoje cedo, quando abri a página onde edito esta gazeta escrota, apareceu este aviso do programa JetPack, usado pelo nosso hospedeiro Bartolomeu Silva:

Traduzindo: a audiência do JBF aumenta a cada dia e cresce bastante o número de viciados.

Que são chamados de “visitantes” pelo JetPack.

Tem mais viciados aqui do que maconheiro na militância do P….

Êita…

Quase que digito a sigla daquele partido que é um ninho de puxadores de fumo.

Vamos voltar ao que interessa:

Vejam que, junto com este aviso aí de cima, veio também o alerta:

“Cuidado com a segurança do site”.

Quanto maior a audiência da página, mais aumentam as tentativas de invasão.

De janeiro até a data de hoje, já aconteceram mais de 171 mil tentativas de invasão na nossa página, segundo informa do JetPack.

É isso mesmo que vocês leram: mais de 171 mil tentativas de invasão!!!

Todas reprimidas pelo nosso sistema de defesa.

Resumindo: a audiência desta gazeta escrota está crescendo a cada dia que passa.

Um espaço aberto, democrático, onde cabem todas as opiniões e tendências.

Um espaço sem censura ou sem moderação de comentários. É só dar o clique que vai ao ar.

Como dizia Seu Luiz, o meu saudoso pai, “este mundo é uma despensa: de tudo que se procurar se acha.”

Se acha até gente que gosta do que não presta, de escrotidão, de safadeza, de canalhice e de cachorrada.

Este Editor agradece a todos vocês pela audiência, pela força e pela divulgação.

Tenho conhecimento de milhares de viciados que tomam o café da manhã já com o computador ligado nesta gazeta escrota.

Vôte!!!

DEU NO JORNAL

UM SUJO QUERENDO SE LIVRAR DE UM MAL LAVADO

O apoio do ex-presidiário Lula, antes ambicionado, virou “tóxico”.

O candidato do Psol à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, que até imitava o jeito de falar de Lula, agora é bem menos enfático nas referências ao político condenado por corrupção.

Indagado pela Rádio Bandeirantes, nesta segunda (16), sobre o apoio do petista, Boulos tentou desconversar: “Eu espero o apoio de todas as lideranças que entendam que São Paulo precisa superar a desigualdade…” etc.

Em sua resposta, Boulos não destacou o petista, insistiu apenas que espera apoio de todos contra o PSDB, “inclusive do ex-presidente Lula”.

No segundo turno, Boulos tentará ampliar suas alianças e atrair o apoio inclusive de eleitores que têm desprezo por Lula, daí sua hesitação.

* * *

O terrorista urbano Boulos tá dizendo que “Bruno Covas é Doria”.

Mas se caga de medo de ouvir que “Boulos é Lula”.

Só que não vai adiantar nada ele tentar se afastar do contagioso mega-corrupto.

Vejam esta postagem que foi feita hoje, terça-feira, na página zisquerdóide Brasil 247:

Carrega essa cruz, Boulos!!!

Tás fudido.

Deixa de mi-mi-mi e de fazer arrodeios.

Lula tá contigo e se abre!!!

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

ARAEL COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Acabo de receber essa grande dúvida filosófica, infelizmente anônima, mas que, por sua profundidade, bem pode ser do Ceguinho Goiano:

“Escolher entre João Campos e Marília Arraes é o mesmo que escolher o lado da bunda que vai tomar a Benzetacil. Vai doer de qualquer modo!!!”

DEU NO JORNAL

COLUNA DO BERNARDO

DEU NO TWITTER