DALINHA CATUNDA - EU ACHO É POUCO!

VIVA SÃO JOÃO!

Mote desta colunista:

Quem vive, saltou fogueira
E eu grito: Viva São João.

Meu povo, vou festejar,
Vou buscar minha alegria,
Entocar melancolia,
Medo não vai me acuar.
Se quiser pode chegar,
Para essa celebração,
Em nome da tradição
Entre nessa brincadeira:
Quem vive, saltou fogueira
E eu grito: Viva São João.

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

EDWALDO MOREIRA SANTOS – FORTALEZA-CE

Senhor Editor do JBF:

Seria possível V. Sa. publicar esta matéria da Revista Oeste no nosso jornal?

Acho que seria interessante a divulgação.

Espero que mereça vossa atenção.

Bom dia

R. Caro leitor, antes de mais nada é imperioso declarar que fiquei muito feliz mesmo por você ter me tratado por “Vossa Senhoria”.

Tô aqui ancho que só a peste!

Em segundo lugar quero dizer, como sempre digo, que aqui nesta gazeta escrota se publica tudo que vocês mandam pra cá.

Absolutamente tudo: vídeos, imagens e textos.

Só não publicamos áudios ou vídeos do ex-prisioneiro Lula discursando, pois faz parte do nosso Código de Ética não trabalharmos com pornografia e imoralidades.

No mais, vale tudo.

De modo que a matéria que você nos mandou já está disponível para os viciados que acessam esta gazeta escrota.

Quem quiser ler o texto, basta clicar na capa da revista que está logo a seguir:

A PALAVRA DO EDITOR

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

A CAVALGADA – Raimundo Correia

A lua banha a solitária estrada…
Silêncio!… Mas além, confuso e brando,
O som longínquo vem-se aproximando
Do galopar de estranha cavalgada.

São fidalgos que voltam da caçada;
Vêm alegres, vêm rindo, vêm cantando.
E as trompas a soar vão agitando
O remanso da noite embalsamada…

E o bosque estala, move-se, estremece…
Da cavalgada o estrépito que aumenta
Perde-se após no centro da montanha…

E o silêncio outra vez soturno desce…
E límpida, sem mácula, alvacenta,
A lua a estrada solitária banha…

Raimundo da Mota de Azevedo Correia, São Luís-MA (1859-1911)

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

COLUNA DO BERNARDO

DEU NO TWITTER

A PALAVRA DO EDITOR

TALENTO INFANTIL

Ontem um amigo de mandou um vídeo pelo zap que me deixou impressionado.

Vi o vídeo um montão de vezes. 

Nele aparece uma criança dançando, com um fundo musical.

É a coisa mais fofa desse mundo.

Um talento infantil fantástico.

Repeti o vídeo mais de dez vezes.

Vejam vocês as imagens e me digam se eu não tenho razão:

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

O LEGADO DEIXADO POR UM PAI QUERIDO

Comentário sobre a postagem O NOSSO GENERAL

Carlos:

É… esta academia é uma porcaria mesmo.

Meu pai foi aspirante da artilharia em 1953 e faleceu como coronel aos 49 anos, estudando a vida toda, primeiro na EsPPA, depois AMAN, EsAO, ECEME, etc.., fora os cursos intermediários como CEP, no forte Duque de Caxias, EsNI, etc.

A academia foi tão ruim que ele não aprendeu a roubar, enganar, nada e quando encantou-se, deixou-nos um apartamento recém comprado em Brasília e uma dívida de 25 anos com a CEF (que o seguro obviamente quitou).

Infelizmente, pela péssima academia e ensinamentos que frequentou e teve, não nos ensinou a roubar, mentir, enganar e eu e meu irmão tivemos que nos virar na época de sua morte para sobreviver, acadêmicos que éramos da UnB, meu irmão no quinto ano de Medicina e eu no terceiro ano de Engenharia Mecânica e nossa querida mãe teve que voltar a dar aulas em colégios, com seus quase 45 anos, professora formada que era.

A pensão era de chorar na rampa, naquela época.

Finalizando, este foi o legado que nosso querido pai nos deixou, por ter frequentado uma péssima escola.

Uma família íntegra, unida, tendo como exemplo um cara formado numa escola que preza a retidão de caráter e a camaradagem sem fim.

E o imenso amor por este país.

Salve a AMAN, Salve o Exército Brasileiro.

* * *

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

JOÃO ARAÚJO – MUNIQUE – ALEMANHA

Salve Mestre Berto,

Saudações com Poesia!

Segue o segundo Episódio sobre o poeta Geraldo Amâncio.

Aqui temos a oportunidade de ver como ele criou versos sensacionais que relatam o encontro conjunto de Luiz Gonzaga e Pinto do Monteiro no Paraíso diante de Deus.

Ótimo dia a todos, muita saúde e até a próxima declamação

E para os leitores que quiserem acessar gratuitamente o link de inscrição no meu canal é só clicar aqui

Obrigado, muita saúde, um forte abraço a todos e até a próxima declamação.