ALEXANDRE GARCIA

A PALAVRA DO EDITOR

UM ALERTA PRECIOSO

Caros leitores fubânicos:

Hoje pela manhã recebi uma mensagem pelo zap de um grande amigo aqui do Recife.

Trata-se de um médico muito conceituado e de reconhecida capacidade profissional

Ele me informou que foi comprovado que o Covid-19 fica alojado em cadáveres.

Por isso sigam as instruções da Organização Mundial de Saúde e lavem bem as mãos quando terminar de mijar.

JESUS DE RITINHA DE MIÚDO

ORAÇÃO

Escrevi às 06:51h de um hoje triste pela imagem angustiante que acabo de ver na Internet. A foto não diz do seu autor, mas sei captada numa avenida no Rio de Janeiro.

Senhor, tem misericórdia
Da nossa brutalidade
Da nossa falta de fé
Da falta de caridade
Da nossa falta de amor
Das nossas falhas, Senhor
Da nossa pouca bondade.

Da nossa leviandade
Da nossa vil ambição
Dessa hipocrisia torpe
Da falta de compaixão
Dos nossos olhos fechados
Para os desesperados
Nos estendendo uma mão.

Lhes falta a alimentação
Sobrando em nossas mesas
Se alimentam da fé
Faltando em nossa riqueza
E nós, pobres, coitados
Somos mais necessitados
Do que a própria pobreza.

Porque nos falta amor. Amor ao próximo.

DEU NO TWITTER

CACHEZINHO MIXURUCA

PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

A MINHA AMADA – Bocage

Se tu visses, Josino, a minha amada,
Havias de louvar o meu bom gosto;
Pois seu nevado, rubicundo rosto,
Às mais formosas não inveja nada:

Na sua boca Vênus faz morada:
Nos olhos Cupido as setas posto;
Nas mamas faz Lascívia o seu encosto,
Nela enfim tudo encanta, tudo agrada:

Se a Ásia visse coisa tão bonita
Talvez lhe levantasse algum pagode
A gente, que na foda se exercita!

Beleza mais completa haver não pode:
Pois mesmo o cono seu, quando palpita,
Parece estar dizendo: “Fode, fode!”

Manuel Maria de Barbosa l’Hedois du Bocage,Setúbal, Portugal (1765-1805)

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MARCOS MAIRTON - CONTOS, CRÔNICAS E CORDEIS

AOS ENTREGADORES DE REFEIÇÕES

Hoje, 13/5/2020, estamos completando 60 dias de distanciamento social.

Em celebração à data, homenageamos esses trabalhadores imprescindíveis para que possamos ficar o máximo possível em casa: os entregadores de refeições.

Quando acaba o estoque de alimentos, ou simplesmente estamos sem disposição para cozinhar, são eles que nos socorrem.

A esses bravos, nosso muito obrigado!

DEU NO TWITTER

ERRO GIGANTE

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

ARAEL COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Estimadíssimo Guru e Ínclito Sentinela da Liberdade, na Guarita da Fortaleza do Recife

Veja, como às vezes, muitos de nossos mais lídimos – lídimos, viu, e não lindos, leitores expressam suas considerações a respeito de nossa honestíssima imprensa, notadamente aqueles veículos ligados ao corretíssimo sistema globo de comunicações/folha de são Paulo.

Desde ontem, circulou em alguns blogs de má fama e procedimento, bem como em inserções de bandidos os mais diversos, uma informação de que o Grande Sultão Tribunalício, Dom Alejandro de Morales, teria engatado uma ré prá trás e reconhecido o ‘falso’ direito de Jajá botar em campo quem ele quiser, como aconteceu na peleja da puliça, pois afinal ele é o técnico e dono da bola.

Espaiada, como diz o Jessiê, a notícia pelas redes sociais, nada se viu na grande imprensa sobre o assunto, acreditando-se, por outro lado, que os coléguas globolixentos têm razão. Foi fake.

Na realidade, o papel que se mostrou nas redes sociais foi o que Dom Alejandro usou para limpar as imaculadas nádegas de seu colégua Celso, que tinha despejado parte de sua alentada produção na pia do corredor da colenda corte que integra, como se esta fora um sultanato a nadar em óleo.

Vejamos o que aconteceu, para restabelecer a verdade:

Aquele papel era realmente fruto da limpeza procedida por Dom Alejandro e ponto final.

Não se fala mais no assunto.

SEVERINO SOUTO - SE SOU SERTÃO