PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

CAROLINA – Machado de Assis

Querida, ao pé do leito derradeiro
Em que descansas dessa longa vida,
Aqui venho e virei, pobre querida,
Trazer-te o coração do companheiro.

Pulsa-lhe aquele afeto verdadeiro
Que, a despeito de toda a humana lida,
Fez a nossa existência apetecida
E num recanto pôs o mundo inteiro.

Trago-te flores – restos arrancados
Da terra que nos viu passar unidos
E ora mortos nos deixa e separados.

Que eu, se tenho nos olhos malferidos
Pensamentos de vida formulados,
São pensamentos idos e vividos.

Colaboração de Pedro Malta

DEU NO TWITTER

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

CASTRO ALVES ATUALÍSSIMO

Comentário sobre a postagem O STF CONTRA O BRASIL QUE PRESTA

Carlos:

Pobre Pátria Amada Brasil !

Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus,
Se eu deliro… ou se é verdade
Tanto horror perante os céus?!…

Existe um povo que a bandeira empresta
P’ra cobrir tanta infâmia e cobardia!…
E deixa-a transformar-se nessa festa
Em manto impuro de bacante fria!…

Castro Alves – O Navio Negreiro – Abril/1868

DEU NO TWITTER

DEU NO JORNAL

TABACUDA PODEROSA

O cargo de vice-presidente tem mais poderes na Argentina que no Brasil.

* * *

E se o presidente da Argentina bater as botas, aí é que o vice tem poderes que só a porra.

“O meu poder é mais ou menos assim: do tamanho do meu pinguelo”

DEU NO TWITTER

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

UMA FRASE LAPIDAR

Comentário sobre a postagem JOÃO FRANCISCO – RIBEIRÃO PRETO-SP

Goiano:

Na verdade, cada um dos ministros do STF tem as suas razões e é preciso considerar que TODOS têm elevado saber jurídico.

* * *

Nota do Editor:

Alerto nossos leitores que o estimado colunista Goiano realmente escreveu a palavra “todos”.

É só conferir lá na postagem.

Os 11 ministros do STF têm todos “notável saber jurídico“, sem exceção: Toffoli, Gilmar, Lewandowski, Marco Aurélio… etc.. etc… etc…

Certamente, o de mais “elevado saber jurídico” é o presidente do puteiro togado, o militante petista Antonio Dias Toffoli, reprovado em dois concursos para juiz de primeira instância.

DEU NO TWITTER

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

A JUSTIÇA QUE ELE DEFENDE…

Comentário sobre a postagem JOÃO FRANCISCO – RIBEIRÃO PRETO-SP

Airton:

Mandei um vídeo para o blog onde o ministro Barroso mostra claramente o que é o transito em julgado.

Um assassinato cometido em 1991 até 2016 não tinha sido concluído, e não por demora do judiciário em julgar, mas porque o réu entrou ao longo do tempo com cerca de 20 embargos.

Quando cessar os embargos ele sairá livre por ser inocente?

Não, talvez saía por prescrição da pena.

Essa é a justiça que você defende.

* * *

Vídeo sobre a prisão após a 2ª instância, com uma atenção especial ao relato do ministro Barroso aos 9’40”.

DEU NO TWITTER