PEDRO MALTA - A HORA DA POESIA

SONETO DO COITO INTERROMPIDO – Bocage

“Mas se o pai acordar!…” (Márcia dizia
A mim, que à meia-noite a trombicava)
“Hoje não…” (continua, mas deixava
Levantar o saiote, e não queria!)

Sempre em pé a dizer: “Então, avia…”
Sesso à parede, a porra me aguentava:
Uma coisa notei, que me arreitava,
Era o calçado pé, que então rangia:

Vim-me, e assentado num degrau da escada,
Dando alimpa ao caralho, e mais à greta
Nos preparamos para mais porrada:

Por variar, nas mãos meti-lhe a teta;
Tosse o pai, foge a filha… Oh vida errada!
Lá me ficou em meio uma punheta!

Colaboração de Pedro Malta

FRANCISCO ITAERÇO - MEUS RISCOS E RABISCOS

GOSTO DO MAR

Gosto do mar
Pelo despudorado assédio
Às extrovertidas marés
E ao inocente luar

Gosto do mar
Que eu tenho em mente
E que diz a gente
Para odiar e amar

Gosto do mar
Que tenho na lembrança
Das histórias de crianças
Que viviam a me contar

Gosto do mar
Pelo despudor das sereias
Embora eu fique na areia
Só a espiar.

Ah se eu soubesse nadar!

A PALAVRA DO EDITOR

60 MINUTOS DE BESTEIRAS

Quem tiver paciência, escute até o final.

Passei uma hora falando besteiras.

O fato se assucedeu-se durante entrevista que dei pra TV Raízes, um canal internético lá da minha Palmares de nascença

Foi no programa Ponto a Ponto, apresentado por Marcos Sales, um competente comunicador que tem grande audiência em toda a região da Mata Sul aqui de Pernambuco.

Repito: tem que ter paciência pra ouvir miolo-de-pote.

Basta clicar na imagem abaixo:

 

DEU NO JORNAL

DIREITO COXUDO

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OAB-RJ) protocolou ontem uma representação disciplinar na Corregedoria do Tribunal de Justiça contra a juíza diretora do Fórum de Iguaba Grande, Maíra Valéria Veiga de Oliveira, que tem impedido a entrada de advogadas que estejam com saias ou vestidos cinco centímetros acima do joelho.

A magistrada alega que as roupas fora de tal medida tiram a concentração dos homens e representam “falta de compostura”.

Para fazer valer seu padrão, a magistrada autorizou seguranças a medirem as roupas das advogadas com régua.

Advogadas aguardando a medição da saia na entrada do Fórum de Iguaba Grande

* * *

Concordo 50% com o que disse a dotôra juiza de Iguaba Grande, que é uma excelente candidata a uma cadeira no Supremo, ao lado de Gilmar e Lewandowski.

E que deve ter umas pernas feias que só a porra.

Fêmea com roupa curta realmente tira a concentração dos homens. Nisso a juíza acertou.

Num tem macho que consiga se concentrar em frente a um par de joelhos lustrosos.

Eu mesmo fico doidinho quando vejo um pé-de-rabo sacolejando com a saia lá pelo meio das coxas.

Mas discordo da magistrada quando ela diz que isto é “falta de compostura”.

Num é mesmo!

Saia curta é demonstração de beleza e de grande compostura, pra advogadas ou não.

Quanto mais curta a saia, mais apreciada é a beleza, e maior é a compostura.

Mulher com postura é mulher com saia curta.

GOIANO BRAGA HORTA - ARCO, TARCO E VERVA

BAR BERTO EM GÊNOVA!

Mal cheguei em Gênova, já instalado no Beco Fechado dos Heróis (Vico Chiuso Degli Eroi), ouço em uma pracinha característica do centro histórico duas pessoas conversando alto, naquele cantado bonito da língua italiana.

Me chamava atenção a animação deles, gesticulando muito, fazendo chuchuquinha com a mão para baixo e para cima e dizendo a toda hora “prego”.

Eu já ia passando quando tive de parar, porque um deles falava a toda hora o nome “Berto”.

Imaginei que se tratasse de uma palavra qualquer, não de um nome próprio, mas resolvi dar uma parada e ouvir o que eles conversavam.

Para minha surpresa um deles falou qualquer coisa como:

– È un omaggio all’autore del Romanzo Della Balestra Fubana.

Meu “piccolo” italiano não acreditou no que meus ouvidos e olhos ouviam! Entendi que falavam que “é uma homenagem ao autor do Romance da Besta Fubana”, enquanto um deles apontava, na praça, em direção a umas mesas colocadas ao ar livre cobertas por toldos.

Olhei para onde eles apontavam e meu espanto foi total! Eles falavam do “Bar Berto”! Escrito assim mesmo.

Entendi que o livro genial do editor do Jornal da Besta Fubana não só ultrapassara as fronteiras da América, atravessara o Oceano Atlântico e invadira a Europa, como fincara o nome do autor no coração da Itália e dos italianos!

Fui para o Bar Berto, sentei-me, pedi uma cerveja e pedi ao garçom para me falar alguma coisa sobre o nome do estabelecimento.

Ele me contou que abriu o Bar Berto em 2004 e colocou o nome logo depois de ler o Romance da Besta Fubana, de Luiz Berto.

Em 22 de julho de 2017 ele criou o prêmio único da literatura mundial, ele mesmo elegeu Berto como O Bicho, e preparou um diploma a ser assinado por ele, dono do Bar Berto, e pelo ex-presidente Lula, a ser entregue ao autor da obra.

Porém, Lula foi preso e o dono do bar está aguardando sua soltura para ir pessoalmente ao Brasil para colher a assinatura.

Resta saber – disse-me ele – se Berto aceitará que o diploma seja assinado pelo ex-presidente (e pediu-me que eu sondasse isso).

Bem, para concluir devo esclarecer que, na verdade, meu conhecimento de italiano é mais que piccolo, é piccolíssimo, e pode ser que eu tenha entendido tudo errado e o que o dono do bar e os dois italianos falavam não era nada disso, podiam estar apenas comentando uma partida de futebol e o dono do restaurante simplesmente esclarecendo sobre o prato do dia (comi uma pasta ao molho de cogumelos).

Mas compreendi, perfeitamente, que ele disse que ama Lula.

Seria o próprio, ou o crustáceo? Tinha lula no cardápio!

As dúvidas persistem. Preciso com urgência melhorar meu italiano.

DEU NO JORNAL

GREEN-PIXE DESPEJANDO ÓLEO E BOSTA NOS MARES

O navio “Esperanza” da ONG Greenpeace chegou ao porto Degrad des Cannes (Guiana Francesa) em 28 de agosto. Saiu no dia 30 e passou onze dias no mar, voltando no dia 10.

As manchas de óleo começaram a aparecer no litoral do Nordeste em 2 de setembro.

O navio saiu outra vez da Guiana Francesa no dia 12, passou quinze dias sem atracar em qualquer porto até voltar no dia 27.

Os dados são públicos e estão em sites como o My Ship Tracking, que monitoram navios em circulação.

Após sete dias ancorado em Degrad des Cannes, o “Esperanza” iniciou em 5 de outubro viagem pela costa brasileira, com destino ao Uruguai.

Procurado, o Greenpeace explicou que estava na região para “estudar os Corais da Amazônia”, na companhia de cientistas franceses.

Indagada sobre se a equipe do “Esperanza” testemunhou nas viagens algo que ajudasse a explicar o mistério do óleo, a ONG não respondeu.

* * *

Quem suja pública e criminosamente a Praça dos 3 Poderes, pode muito bem sujar os mares.

Escondidamente, criminosamente.

Essa militância descerebrada do Green-Pixe é capaz de qualquer babaquice.

Como toda militância zisquerdóide.

A PALAVRA DO EDITOR

A PADROEIRA DA LADROAGEM

Já tivemos uma Vaca Peidona na Presidência da República.

Agora temos uma bovina cagando votos num sanitário chamado STF.

Rosa Murcha fez a festa dos advogados de ladrões ricos e do colarinho branco quando concluiu o seu voto-tolôte.

É o que garante o jornalista Carlos Alberto Sardenberg, numa análise arretada.

Ele acerta bem no meio do olho do furico da bandidagem corrupta.

Clique na imagem abaixo para ouvir.

DEU NO JORNAL

VERGONHA SUPREMA

Apesar de o ex-governador Sérgio Cabral já ter sido condenado por crimes que somam 239 anos de cadeia, a decisão do Supremo Tribunal Federal abre caminho para ele vir a ser mais um criminoso à solta.

* * *

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Um país onde Cabral já foi governador de um estado e Lula presidente da República, tinha mesmo que ter uma Suprema Bosta Federal no topo da justiça.

Uma dupla de condenados corruptos como só mesmo na República Federativa de Banânia seria possível existir

COMENTÁRIOS SELECIONADOS

OITO FUNERAIS NO RASTRO VERMÊIO-ISTRELADO

Comentário sobre a postagem NOVAS CALÚNIAS CONTRA O HOMEM MAIS HONESTO DO BRASIL

João Francisco:

Esta é a verdade que todo mundo sabe, mas é inconveniente, pois explode toda na narrativa esquerdista do país.

Não envolve só o PT. Meses antes também o prefeito Toninho do PT de campinas também foi morto de forma semelhante

O Assassinato ocorreu no começo de 2002. Sequestro em Santo André e corpo apareceu em Juquiá/SP, a mais de 100 km do local.

A polícia de SP sempre foi a mais eficiente do país e na época o Governador de SP era Geraldo Alckmin, que designou a delegada Elisabete Sato, que pediu o arquivamento do inquérito, dizendo que foi sequestro relâmpago.

Os dois irmãos do Celso, Bruno e João Francisco jamais aceitaram esta conclusão; sendo que o Bruno hoje vive exilado na França e o segundo vive recluso em SP.

Se o caso fosse ligado ao PT, a eleição do Lula estaria fatalmente comprometida e teoricamente o PSDB se beneficiaria e é aí que a coisa pega, o PSDB nunca levou a coisa adiante. O PT também não fez 1% do estardalhaço feito no caso Marielle.

Segundo o Médico legista havia sinais inequívocos de tortura no corpo do Prefeito.

Oito pessoas ligadas diretamente a este assassinato morreram em 3 anos e meio:

1) Celso Daniel : prefeito. Assassinado em janeiro de 2002.

2) Antônio Palácio de Oliveira: garçom. Assassinado em fevereiro de 2003.

3) Paulo Henrique Brito: testemunha da morte do garçom. Assassinado em março de 2003.

4) Iran Moraes Rédua: reconheceu o corpo de Daniel. Assassinado – dezembro de 2003.

5) Dionízio Severo: suposto elo entre quadrilha e Sombra. Assassinado – abril de 2002.

6) Sérgio Orelha: amigo de Severo. Assassinado em 2002.

7) Otávio Mercier: investigador que ligou para Severo. Morto em julho de 2003.

8) Carlos Delmonte Printes: legista encontrado morto em 12 de outubro de 2005.

Em nenhum outro lugar no mundo poderia ocorrer tanta “coincidência”.

Agora as coisas começam a ficar mais claras, porém veremos se há interesse em esclarecer as coisas.

JOSÉ NARCELIO - AO PÉ DA LETRA

NARCISISMO

Nas poucas viagens que fiz para o exterior, eu as aproveitei, dentro do possível, em visitas a museus. A Itália, para mim, é o repositório do maior acervo de arte sacra da humanidade, principalmente, quando se trata de pinturas e esculturas produzidas pelos gênios da história da arte.

Atenho-me aqui, ao esplendor oriundo da arte na Idade Moderna (1350 – 1850), início do Renascimento. Em Roma, encontram-se três das mais belas esculturas de Michelangelo Buonarrotti: a Pietà, exposta na Basílica de São Pedro, no Vaticano; Moises, na Basílica de San Pietro in Vincoli, perto de Coliseu de Roma; e, O Cristo Redentor, na Igreja de Santa Maria Sopra Minerva, na proximidade do Pantheon.

Em Roma, a Cidade Eterna, visitei também a Galleria Nacionale d’Arte Antica, no Pallazo Barberini, proximidade da Fonte do Tritão. Vivenciei momentos de puro deleite, a começar pela estrutura que abriga aquele mundo de arte, sequenciados pelos afrescos no teto da galeria, até chegar às esculturas e culminar nas pinturas.

Ali existe uma sala vermelha, que vive apinhada de gente, dedicada aos originais de Michelangelo Verisi, conhecido por Caravaggio, e aos caravaggeschi – estilo que inspirou outros pintores a imitar o artista. Pois bem, foi lá que encontrei a obra Narciso, pintada em 1590.

Narciso – Caravaggio

A vaga semelhança com o meu nome atraiu-me a atenção para o quadro Narciso. Uma das festejadas pinturas de Caravaggio, retratando o mito grego Narciso, um jovem bonito que se tornou indiferente ao amor por se apaixonar pela própria imagem, ao vê-la refletida na água.

Daí surgir o termo narcisismo, que viria a ser adotado por volta de 1898, para descrever uma forma de sexualidade baseada no próprio corpo do indivíduo. Atualmente, o narcisismo é um conceito na teoria psicanalítica introduzido por Sigmund Freud. Está classificado como um transtorno mental denominado Transtorno de personalidade narcisista, existente quando a libido está direcionada para si próprio.

O pior é que o narcisismo deixou de ser uma desimportante classificação de personalidade, para se transformar num problema social. Isso mesmo, estamos vivendo a era do narcisismo. Comportamentos narcisistas nos rodeiam e se alastram como uma praga na sociedade contemporânea.

A psicóloga Pat MacDonald, no seu trabalho Narcisismo no Mundo Moderno, afirma: Basta observar o consumismo galopante, a autopromoção nas redes sociais, a busca da fama a qualquer preço e o uso da cirurgia para frear o envelhecimento.

Os traços narcisistas são fáceis de reconhecer. São posicionamentos egoístas, não empáticos e um tanto exibicionistas, de pessoas que querem ser o centro de atenções e reconhecidas socialmente. Estatísticas afirmam que diariamente são postadas no Instagram 80 milhões de fotografias, com 3,5 bilhões de curtidas.

O que mostram? Coisas do tipo: Eu e meu amor; Eu, ao lado de minha melhor amiga; Eu, dizendo olá! Eu, eu, eu, somente eu. A Internet está nos convertendo não apenas em espectadores passivos, porém, em narcisistas ávidos pela notoriedade fácil, obcecados por conseguir amigos virtuais e pelo impacto causado por postagens.

Não se deixar contaminar pelo vírus dessa tendência é um esforço sobre-humano. E para quem carrega no costado o próprio nome ou nome assemelhado ao de Narciso, um incômodo.