A PALAVRA DO EDITOR

A VENTA DA PROCURADORA

Uma das coisas mais lindas deste país é a venta da Procuradora-Geral da República Federativa do Brasil.

Vejam que par de buracos nasais belíssimos, emoldurando o beiço superior da dotôra:

A venta da Procuradora Raquel Dodge é um verdadeiro símbolo artístico, de uma beleza infinitamente superior à da venta da petista Gleisi Hoffmann.

Mas o que me veio logo à lembrança, quando olhei esta foto aí de cima, foi a alvíssima cor branca dessa nossa competente e importante autoridade.

Branquela dos zoios zazuis.

Se ela fosse negra e eu a chamasse de Macaca, certamente que os tabacudos dos militantes contra o racismo iriam me baixar o cacete.

Mas como ela é branca, posso chamá-la impunemente de Ursa.

Sem qualquer problema.

Babaca zisquerdóide algum vai me encher o saco.

E se algum vier me aporrinhar, eu mando tomar no olho do furico e no buraco das ventas.

A Procuradora-Geral da República do Brasil fazendo uma pose especial para o Jornal da Besta Fubana, sentada no seu seu majestoso trono

CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LEONARDO M. PEREIRA – MACEIÓ-AL

Grande Berto!!!!!

Abraços aqui das terras alagoanas.

Veja esta grande revelação que fiquei sabendo:

A ida de Jean Wyllys para Alemanha é vingança do Brasil pelos 7×1.

Pode uma coisa dessa???

R. Caro leitor, acho que não é bem assim.

A ida deste baitola escroto pra Alemanha nada tem a ver com a derrota do Brasil por 7×1 na última Copa.

Na verdade, segundo apurou o JBF, Jean Aero Wyllys preferiu a Alemanha, e não a França, como foi cogitado a princípio, porque descobriu que os alemães tem a pica maior que os franceses. Simples assim.

Jean Aero Wyllys anunciou que vai fazer doutorado em terras germânicas.

A Editoria desta gazeta escrota descobriu que o xibungo zisquerdóide já tem até o título de sua tese.

Vai ser este: Tratado Anal-Cuzífero sobre Comprimentos Caralhais no Mundo.

E mais: a orientadora da tese de Jean vai ser Dilma Rousseff, grande intelectual banânica, PhD em Estocagem de Ventos e Cagação de Tolôtes Orais.,

Uma vaca e um doador de furico: parelha zisquerdóide idiotal autenticamente banânica

COMENTÁRIO SELECIONADO

O FURICO DO EDITOR VIROU DEBOCHE

Comentário sobre a postagem DOR NO ANEL

Dalinha Catunda:

Meu querido Luiz Berto
Estou com pena de tu
O líquido que te deram
Inchaste igual cururu
Passou o dia cagando
Com isso acabou assando
Todas as pregas do cu.

Porém acho que o pior
Não foi só a caganeira
Foi o que lá enfiaram
Rasgando as tuas beiras
Para adentrar ao teu cu
Compraram lá em Itu
Uma roliça mangueira.

* * *

Um Editor desmoralizado e com o fedegoso servindo de mangação

 

AUGUSTO NUNES

BANDO À SOLTA

Augusto Nunes

PT quer limitar as ações de Sergio Moro para que a companheirada continue agindo sem limites

“É preciso estabelecer limites para o Moro. Ele tem lado, não é imparcial nem neutro, como já ficou provado ao condenar o presidente Lula e divulgar delações premiadas para atingi-lo durante a campanha, quando já estava acertada sua indicação para o ministério”.

Patrus Ananias, deputado federal do PT de Minas Gerais, revelando numa entrevista ao Valor que pretende, com a ajuda de Gilmar Mendes, tirar o Coaf do controle de Sergio Moro para estabelecer limites ao ministro da Justiça e permitir que a companheirada continue sem a agir sem limites.

A PALAVRA DO EDITOR

PENINHA - DICA MUSICAL