PENINHA - DICA MUSICAL

A PALAVRA DO EDITOR

A PALAVRA DO EDITOR

ESTUPIDEZ EXTREMA

O Troféu Estupidez do Caralho do mês vai pra Grelão Feghali.

A postagem que ela fez ontem no Twitter dispensa explicações e comentários:

O uso da palavra “envolvidos” é de uma estupidez piramidal.

Uma cagada de tal magnitude só poderia mesmo ter sido dada por uma descerebrada zisquerdista, uma cumunista de carteirinha filiada ao PCdoB.

Lembrar a ela que o general que está exercendo interinamente a presidência chegou ao posto em eleições livres, abertas, diretas e democráticas, é tempo perdido.

Cumunista não sabe o que é isto e não respeito este tipo de coisa.

O mascote deste blog, o jumento Polodoro, está ansioso pra cruzar com Jandira Grelão pelas estrebarias da vida.

PEDRO MALTA - REPENTES, MOTES E GLOSAS

UMA GLOSA

Mote:

João Doido, cacete e rola
Tudo é nome do caralho

Glosa:

Peia, cipó, mandioca
Carabina, prego e talo
Estaca, pica, badalo
Sarrafo, pomba, biloca
Pinto, manjuba, piroca
Vergalhão, também mangalho
Linguiça, cajado, malho
Nervo, trabuco, bilola
João Doido, cacete e rola
Tudo é nome do caralho.

Glosa do poeta pernambucano José Honório, publicada no álbum Indecências, editado em julho de 1990.