UMA PARELHA DE CANALHAS ZISQUERDÓIDES

É tão oportunista quanto manjada a opção de políticos como Jean Wilis que, na oposição ou por falta de votos, viajam o mundo falando mal do País e dos governantes.

O presidiário Lula, por exemplo, divertiu-se em 2014 relatando a blogueiros ligados ao PT como mentia a crédulas plateias europeias, com a cumplicidade de jornalistas brasileiros.

Lula não contava que o vídeo da confissão vazasse nas redes sociais. Às gargalhadas, debochou dos franceses por acreditarem em suas lorotas.

Jean Wilis segue a trilha de Lula. Sem contar quem o financia, ele tem percorrido cidades europeias distribuindo mentiras a granel.

Em Genebra, Wilis encontrou alguém que, sem preconceito ou mimimi, desfez suas lorotas: a embaixadora na ONU Maria Nazareth Azevêdo.

Com Lula, as mentiras não foram contestadas: “Eu disse em Paris que aqui tinha 25 milhões de crianças na rua! Todos aplaudiam! Kkkkkk”.

* * *

Lula e Jean Aero Wyllys são tolôtes do mesmo pinico.

Duas figuras asquerosas e repulsivas.

Dois mentirosos irrecuperáveis.

Ainda bem que um tá preso e o outro saiu do país.

Lá na ONU, de frente pra uma plateia, o doador de furico Jean associou o presidente Bolsonaro ao assassinato da vereadora Marielle.

Impunemente, descaradamente, desavergonhadamente.

É phoda!!!!

Pena que o baitola Jean, ao ir morar voluntariamente no exterior, não tenha procurado Venezuela ou Cuba pra gozar (êpa!) o seu doce auto-exílio.

1 comentário em “UMA PARELHA DE CANALHAS ZISQUERDÓIDES

  1. meu amigo berto: nao sou mae dinah, mais pelo o que conheço da putaria aqui na brasilia. Esse jean willians, fez um acordo com o suplente do suplente que assumiu no lugar dele. deve ter fechado um acordo para receber uns 5 mil euros, e se mandou dizendo que estava sendo ameacado. lembre-se que a verba e de 105 mil reais, para fazer a rachadinha

Deixe uma resposta