UM TRIBUNAL QUE É UMA BOSTA

Milhares de pessoas se reuniram neste domingo (17) no entorno do Supremo Tribunal Federal.

De maneira espontânea e pacífica demonstraram a insatisfação popular com as decisões da corte.

Um aviso ficou no ar: Papel higiênico foi atirado contra o prédio onde trabalham os senhores supremos.

No mesmo dia, revela O Globo, um ministro do próprio STF, defensor da Lava Jato, contra, portanto, Gilmar, Toffoli, Lewandowski e Marco Aurélio, disse o seguinte sobre a decisão de quinta-feira (14):

“Se depois disso a gente ainda derrubar a prisão em segunda instância, vão depredar o prédio do Supremo. E eu sou capaz de sair para jogar pedra também”.

Na esteira do ministro, o jornalista Alexandre Garcia fez o seguinte alerta no Twitter:

* * *

Desperdiçaram um material precioso, o papel higiênico.

Deveriam ter jogado era bosta mesmo.

De pinico cheio!!!

Estes porras destes canalhas togados já encheram a paciência do povo brasileiro.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

4 comentários em “UM TRIBUNAL QUE É UMA BOSTA

  1. A petulância dos onze está chegando ao pico que a turba suporta.Se pelo menos tivessem ganhado o posto devido à competência e de forma honrosa…

Deixe uma resposta