UM PORRE PROFANO

Emílio Nunes Correia de Menezes foi um jornalista e poeta paranaense, membro da Academia Brasileira de Letras.

Emílio de Menezes ficou famoso por seus sonetos, tiradas e frases satíricas.

Divirta-se lendo algumas delas clicando aqui 

Numa manhã de Sexta-Feira da Paixão, ele foi criticado por uma pessoa por estar bêbado e trôpego numa praça de Curitiba.

Emílio respondeu de imediato:

– Quando a divindade sucumbe, a humanidade cambaleia.

Emílio de Menezes (1866-1918)

Deixe uma resposta