BOTARAM NO FURICO DOS PÁSSAROS

Paulo Vieira de Souza, operador financeiro ligado ao PSDB, foi preso em São Paulo nesta terça-feira (19), na 60ª fase da Operação Lava Jato. Alvo de prisão preventiva, está preso na Superintendência da Polícia Federal de São Paulo.

Agentes também cumpriram mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-senador pelo PSDB Aloysio Nunes Ferreira Filho, suspeito de receber propina da Odebrecht.

* * *

Ué… Que coisa estranha.

Eu pensei que a Lava Jato só perseguisse e prendesse gente do PT.

Tão mexendo até no bico de um tucano de altíssima plumagem, como é o caso de  Aloysio Nunes

Vôte!

Tô esperando a nota de protesto de Gleisi Hoffmannn contra mais uma arbitrariedade da Lava Jato.

E aguardo, também, um veemente protesto dos militantes dos movimentas contra a discriminação racial, já que o tucano preso, o Paulo Vieira de Souza, é mais conhecido como Paulo Preto.

Isto é perseguição odiosa contra a negraiada!!!

Paulo Preto, um tucano de penas afrodescendentes

Deixe uma resposta