SONIA REGINA – SANTOS-SP

Sr. Editor,

por favor publique a entrevista concedida pelo vereador de São Paulo Fernando Holiday ao Professor Marco Antonio Villa.

Com simplicidade e inteligência, o vereador responde ao Professor sobre as tais denúncias publicadas na mídia, através das informações da “lombriga” instalada atualmente no Brasil que resolveu dinamitar a operação Lava Jato, instigando discórdia do MBL com o Ministro Moro e Procuradores Federais.

4 pensou em “SONIA REGINA – SANTOS-SP

  1. Pela matéria exposta entre o professor Vila e o vereador Fernando Holiday do MBL, falta muito, mais muito mesmo para passar o Brasil a Limpo, como diria e diz Boris Casoy!

    Mas, é preciso acreditar e lutar! A sociedade já acordou e, aos poucos, está deixando de ser zumbi, feito a Nação Nordestina, berço do maior bandido de todos os tempos, Lula da Silva, O Presidiário!

    • Sr. Cícero, ontem a noite o vereador Fernando, participou do programa Pingos nos Is da Jovem Pan, local de trabalho do nosso excelente Jornalista Augusto Nunes, para falar entre outras coisas sobre o novo ataque que recebeu do Sr Ciro. Esse homem é um desastre, ofende as pessoas sem que nem porque e pior, faz parte da famosa “velha política” que considero “mofada”, não aceitando que desponte novos valores para oxigenar o ambiente que eles próprios infestaram de “sanguessugas”.

  2. Se acabassem com a propaganda eleitoral enganosa obrigatória e os eleitores usassem as informações que pesquisassem baseada em sua própria honestidade a renovação ocorreria mais rápido. Gente honesta e bem informada não elege corrupto ou ladrão , mesmo que tenha parentesco. Este jovem vereador disse a verdade a quem quis ouvir.

    • Sr. Joaquim, esses jovens não são levados a sério pela imprensa. Ironicamente, fala-se que atualmente, as crianças estão mais adiantadas, só falta nascer agradecendo a ajuda do médico ou da parteira, mas, não conseguem admitir que também nossos jovens estão mais evoluídos, até com a colaboração das mídias eletrônicas. Por sua vez, a experiência deve ser respeitada mas, somente quando é aplicada em favor de ajudar na evolução, nunca para sufocar o “Novo”. Mesmo contra a vontade de muitos, é fato que a “Fila Anda”.

Deixe uma resposta para Cícero Tavares Cancelar resposta