PISOU NA BOLA

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (23) em entrevista à agência Bloomberg que eventuais irregularidades cometidas por seu filho, o senador eleito Flávio Bolsonaro, terão de ser punidas.

Se por acaso ele errou e isso for provado, lamento como pai, mas ele terá de pagar o preço por esses atos que não podemos aceitar“, afirmou Bolsonaro.

O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) considerou suspeitos 48 depósitos em dinheiro na conta do deputado estadual e atual senador eleito. Os depósitos, sempre no valor de R$ 2.000, totalizando R$ 96 mil, foram feitos entre junho e julho de 2017 no autoatendimento da agência bancária que fica dentro da Alerj.

* * *

O Capitão pisou na bola.

Ele errou feio!

Não deveria nunca ter dito isto.

O mais certo teria sido dizer que o filhinho Flávio Bolsonaro é um Ronaldinho dos negócios, um gênio capaz de fundar, administrar e ficar milionário com qualquer empresa Gamecorp da vida.

Deixe uma resposta