PEDAGOGIA PIRATA

Guilherme Fiúza

Os responsáveis pela redação de um panfleto petista de quinta categoria na escola Eleva se mantiveram firmes, de forma que, na instituição, o impeachment não existiu

Veja o que aprende um aluno de Geografia entre 11 e 12 anos de idade na escola Eleva, no Rio de Janeiro — instituição privada (e considerada moderna) frequentada por filhos da elite carioca:

“Após a consagração de políticas sociais que reduziram a desigualdade, novas cobranças começaram a surgir e a oposição civil-política se mobilizou contra o governo consagrando o golpe que tirou Dilma Rousseff do poder em 2016 e colocou o vice-presidente Michel Temer na cadeira presidencial”.

Por algum espasmo de lucidez nessa opinião pública dopada do século 21, alguém reclamou e a escola mudou o texto. Veja como ficou o trecho em lugar de “consagrando o golpe”:

“Com isso, houve a destituição de Dilma Rousseff do poder em 2016”.

Dentre diversas certezas que emergem sobre os valores pedagógicos da escola, uma das mais evidentes é a da perseverança: os responsáveis pela redação desse panfleto petista de quinta categoria se mantiveram firmes, de forma que, na Eleva, o impeachment não existiu.

Não se sabe o que aconteceu com a sociedade brasileira para que se chegasse ao ponto de ter um contrabando partidário tosco fantasiado de ensino de Geografia numa escola supostamente de elite. O panfleto da escola Eleva retocando a imagem da quadrilha que depenou o país seria cômico se não fosse trágico: ele representa uma epidemia desse verniz progressista vagabundo — que nada tem de progressista, pois fingir que forma cidadãos conscientes prostituindo a História é o que pode haver de mais reacionário.

Dito isso, você tem duas opções: sentar e chorar à beira do mar de hipocrisia que o cerca ou responder ao teste de interpretação de texto a seguir. Caso opte pela primeira, por favor chore baixo para não atrapalhar o teste.

Vamos lá.

Responda quais as afirmações verdadeiras (V) sobre o ensino de Geografia da Eleva:

a) A melhor forma de reduzir desigualdades sociais é assaltar o povo e colocar o país em recessão profunda, porque assim você empobrece todo mundo democraticamente;

b) “Oposição civil-política” é um termo de alta erudição forjado no assembleísmo petista de raiz e incorporado à norma culta escolar por algum gênio do parasitismo sindical;

c) Escrever num livro didático que o governo consagrou políticas sociais e a oposição consagrou o golpe é a consagração do idiota consagrado;

d) Na pedagogia moderna, a verdade é uma mentira contada com desenvoltura e sem medo de ser feliz;

e) Me belisca que tá f…

1 pensou em “PEDAGOGIA PIRATA

Deixe uma resposta