PAULO MOURA – RECIFE-PE

Olá amigo Berto.

Estou iniciando a preleção de alguns sonetos meus para compor meu segundo livro de sonetos.

Estou lhe enviando este para que, se achar interessante, colocar no Blog (caso queira posso ficar enviando toda semana um novo soneto)

Deixo ao amigo um grande abraço.

Saudades dos nosso encontros regados à boa comida, cachaça da boa e o mais importante, uma boa e enriquecedora prosa…

R. Que coisa boa voltar a ter notícias suas, meu caro amigo!

Também tenho saudades das nossas farras regadas a uma boa cachaça de cabeça e recheadas de fuxicos e falação da vida alheia.

Esta abstinência compulsória, que já dura três anos, deixa meu peito cheio de boas lembranças!

Será um prazer publicar seus poemas.

Lugar de gente talentosa e criativa e aqui mesmo nesta gazeta escrota.

E vamos ao soneto que você nos mandou:

IMPORTÂNCIA

Nada me importa, que não seja apenas
Esse acordar divino a cada dia
De resto as outras coisas são pequenas
Se um dia é triste, o outro é de alegria!

De que me importa se ela não sorria
(E suas carícias não são mais tão plenas)
Minhas manhãs já foram mais serenas
E eu era mais feliz (e não sabia!)

Se a nossa vida esvai-se num suspiro
E o tempo passa rápido como um tiro
Pra que remorso, raiva ou ganância?

O tempo é curto e curto é seu caminho
Me encher de mim, pra não viver sozinho
É a unica coisa que tem importância

2 comentários em “PAULO MOURA – RECIFE-PE

Deixe uma resposta