OS PRACINHAS BRASILEIROS NA SEGUNDA GUERRA

Comentário sobre a postagem O HORROR E O LIRISMO DA GUERRA

d.matt:

Caríssimo Berto.

Peço licença para nomear este teu texto como a melhor postagem publicada na Besta Fubana, desde que a conheci. Há apenas alguns anos.

Tudo me emocionou, os videos maravilhosos, seu texto sem par me fez lembrar da minha infância.

Tenho alguma ligação na minha memorabilia com o fim da Segunda Guerra, fiquei muito feliz quando soube que tinha terminado no dia 8 de maio de 1945, dia do meu aniversário natalício.

Que comovente o seu artigo.

Merece ser enquadrado e moldurado para mostrar aos nem tão “jovens” atuais o que foi a nossa infância e como reagíamos aos fatos com emoção e não com a histeria coletiva como hoje.

Não posso terminar sem dizer algumas palavras sobre o comentário do grande articulista BRITO e também sobre a sua feliz lembrança de publicar a canção da Gioconda, cantada pelo nosso saudoso Vicente Celestino.

Eu que trabalhei com musica e discos por muitos anos e também colecionador de discos de Vinil, estava carente de ouvir esta canção há muito tempo.

Ela lembra a minha infância e suas palavras sempre me levam às lágrimas.

Obrigado Berto e obrigado Brito.

Feliz somos nós que temos arquivados em nossa cachola a memória de um passado rico e saudoso.

Abraço a todos.

* * *


Deixe uma resposta