NO OLHO DO FURICO DO PERGUNTADOR

Em entrevista coletiva hoje após apresentar o pacote AntiCrime, Sergio Moro foi questionado sobre uma denúncia feita pela Folha de São Paulo contra o ministro do turismo do governo Bolsonaro.

Repórter: “E as denúncias envolvendo o ministro do Turismo?”

Ministro Moro: “Desculpe, mas o tempo em que ministros da Justiça atuavam como advogados de defesa de integrantes do governo ACABOU!”

* * *

Com esta resposta, o Ministro Moro simplesmente confirmou que a era petralha, acobertadora de roubalheiras da cumpanherada, está encerrada.

Esta extinta. Se acabou-se. Sumiu nos ares que nem peido de aviador.

Sérgio Moro, com toda classe, mas sem cuspe e sem vaselina, enfiou uma pajaraca de 17 polegadas no olho do furico do perguntador.

Um perguntador babaca que trabalha prum jornaleco chamado Folha. 

Uma pasquim tão imundo que não está servindo nem pra gente limpar a bunda.

O tabacudo saiu da entrevista com as pregas do fedegoso todas arrebentadas.

8 comentários em “NO OLHO DO FURICO DO PERGUNTADOR

  1. Alguém saberia me explicar por que estes “jornalistas”, além de dizerem as mesmas bobagens usando as mesmas palavras, tem todos a mesma cara ? Serão clones ?

  2. Querido Berto,
    Venho por este caminho pois não consegui via fale com o blog após inúmeras tentativas ali tem bug.
    Estou com muita saudade do site original. Ele tinha alguns bugs de adaptação ao smart fone, mas tinha uma melhor visão e podiamos acessar aos colaboradores.
    Berto, com todo o carinho que lhe tenho embora não me conheça, tenho saudade do site antigo, pois ali tinha um repositório cultural invejável e tenho certeza que não fiquei órfão sozinho.
    Nem tudo que é moderno é bom. Por isso por exemplo, não tenho Whatsapp, pois ainda não tenho a ferramenta para bloquear tolices. Pense na possibilidade de retornar o site anterior, pois seus admiradores e fãs dos seus colaboradores estamos no limbo cultural.
    Cordial abraço.
    Eládio Estrela (eladioestrela@jurislegis.com.br)
    #voltabestafubana!

  3. Essa gente tem de ser tratada assim,no coice,não tem outro jeito.
    As perguntas que esses asnos fazem (com o perdão dos asnos) parece intriga de boteco depois das 22:00hs,são uns bocas moles que se auto intitulam intelectuais e nem uma pergunta decente sabem fazer.
    Mas não tem problema,o capitão esta lá,a limpeza já começou e uma hora ou outra essa gente se manca e cai fora,deixando espaço para quem efetivamente mereça.

  4. Olhemos a cara desse “cara”… barbudo como os petralhas…quem será o ‘ídolo” dele?? O que ele aprendeu na ‘faculdade’… o que deve ter “sofrido” de lavagem cerebral… arriégua!!!

  5. no brasil hoje este jornalismo d grande midia , em sua maioria , nao passam de cumplices de corruptos e criminosos, precisamos tambem mudar as leis para que pseudos jornalistas nao joguem lama na honra dos outros sem serem processadas e pundas monetariamente e pesadamente , pois mentem e desinformam , com a cara de pau dos esquerdoides tipo lula , putinho e maduro

Deixe uma resposta