MAURINO JÚNIOR – PAULO AFONSO-BA

Saudações, Papa Berto!!!

Depois das postagens do tal do Pavão Misterioso, o Jean Boiowyllys está assim agora!!!

Se num acredita, arrepare!!!

Vôte!!!

R. Meu caro, se eu lhe disser que o fubânico lulo-petista Ceguinho Teimoso afirmou que não viu o Pavão Misterioso, estarei falando o óbvio.

Cego não vê nem um dinossauro gigantesco, quanto mais um pavão. Ainda por cima, pavão misterioso.

Ceguinho Teimoso já declarou aqui no JBF que o Pavão Misterioso não existe.

Ao contrário do boiola Verdevaldo, que não só existe, como também é um grande sujeito, de excelente caráter, brilhante jornalista e que só fala a verdade.

E de uma ética impecável, como todo bom zisquerdista.

Pode perguntar pra Ceguinho que ele confirma tudo.

E mais disse Ceguinho:

Que o xinbungo Verdevaldo, doador do orifício pecaminoso, ama muito o seu querido e carinhoso marido, o parlamentar do PSOL David Miranda, bem dotado de pica e com um furico mais charmoso e acolhedor do que este do baitola Jean Aero Wyllys, furico que está na mão cuja foto você nos mandou.

Podes crer!

Fecho a postagem oferecendo uma linda música de amor para o casal mais encantador da atual realidade política brasileira.

Um casal que é cara da República Federativa de Banânia!

11 pensou em “MAURINO JÚNIOR – PAULO AFONSO-BA

  1. .
    sr. Editor,

    sei que o senhor sabe, mas não custa reafirmar que,
    quando um pederasta junta-se a um outro pederasta,
    os dois, formam uma parelha !

    perdoe-me, mas não cabe aqui falar senão de parelheiro.

    A situação de Marido ocorre quando um HOMEM une-se a uma Mulher.
    Até no Reino Animal um M.A.C.H.O une-se a uma Fêmea.

  2. Existe uma insistência, por aí, de destacar a condição de homossexual da pessoa, para desqualificar essa pessoa.
    Isso é coisa de fascista.
    O que interessa em cada ser humano não é a cor da pele, sua religião, se ele tem essa ou aquela preferência sexual, se dá a bunda ou come: o importante são suas idéias, seus conhecimentos, sua honradez, seu pensamento, seus argumentos.

Deixe uma resposta