MARCELO BERTOLUCI – CURITIBA-PR

Olá, Papa Dom Berto

Uma curiosidade de nossa história é o hábito que os membros das famílias reais tinham de se casar entre si.

Como no carnaval nossa primeira imperatriz, Leopoldina, é uma personagem sempre lembrada, usei-a como exemplo das espantosas relações familiares de nossas famílias reais para compor uma pequena contribuição para esta que é a melhor gazeta da internet brasileira.

Segue o texto:

Maria Leopoldina, esposa de D.Pedro I, foi a primeira imperatriz do Brasil.

Carlos III, casado com a princesa saxônica Maria Amália, foi rei da Espanha entre 1759 e 1788.

Carlos III era:

– Avô do pai de Leopoldina.
– Avô da mãe de Leopoldina.
– Avô da sogra de Leopoldina.
– Avô do pai da nora de Leopoldina.
– Avô da mãe da nora de Leopoldina. (a mesma nora)
– Avô de três concunhados de Leopoldina.

A nora em questão era Tereza Cristina, esposa de D.Pedro II, e também sua prima por parte de pai E por parte de mãe.

Abraços de seu leitor assíduo.

R. Danô-se!!!

Vôte!!!

Que familiarada imperiante da porra!

Uma aula fubânica de história brasílica.

O comedor D. Pedro I e a comida Imperatriz Maria Leopoldina

2 comentários em “MARCELO BERTOLUCI – CURITIBA-PR

  1. Essa misturada toda de todo mundo ser parente de todo mundo, bem poderia correr o risco do libertino que pertencesse a uma família real estar enrabando a si mesmo, sem perceber…. vôte.

Deixe uma resposta