JUSTIÇA BANÂNICA

João Otávio de Noronha, o presidente do STJ, determinou a soltura de Beto Richa, preso pela Lava Jato na última sexta (25).

Na mesma decisão, Noronha expediu um salvo-conduto em favor de Beto e seu irmão Pepe Richa para que eles não sejam presos cautelarmente no âmbito da Operação Integração II.

Foi a segunda prisão do ex-governador do Paraná e a segunda vez que ele foi solto em poucos dias.

Na primeira vez, em setembro do ano passado, o tucano passou quatro dias na cadeia e foi libertado por Gilmar Mendes.

* * *

É vapt, vupt.

Ligeirinho que só coceira de macaco.

Num dá tempo nem do corrupto mijar no cagador da prisão.

Vôte!!!

Deixe uma resposta