2 pensou em “FIM DA MOLEZA DOS SINDICATOS

  1. como metalurgico que fui durante mais de quarenta anos e nunca vi ou conheci um unico verdadeiro trabalhador nas diretorias de sindicatos , so vagabundos e dedos duros e inclusive bandidos , visto que chegavam a se matar para pegarem as boquinhas no sindicato , e vi uma enormidade destes vagabundos entrarem nas diretorias do sindicato e manterem um padrao de vida e de ativos incompativeis com seus ganhos declarados , so tenho que aplaudir bolsonaro por acabar com a cumplicidade destes cumplices de criminosos e corruptos, travestidos de juizes do trabalho , que simplesmente alegando falta de clareza na lei que proibiu a cobrança do imposto sindical , tentava assaltar , mesmo contra a lei o bolso do trabalhador ,, que a receita federal faça um pente fino nas declaraçoes destes sindicalistas , seus familiares e do enorme laranjal que os serviram , principalmente nestes ultimos vinte anos , parabens neumane por sua coragem e lucidez ao esclarecer este compadrio entre os sindicalistas e juizes do trabalho

  2. Excelente comentário do Neumane. Apenas discordo quanto ao problema do São Francisco. O grande e portanto principal responsável pela degradação do deste rio nem de longe é a água levada a outros Estados do semiárido, mas sim parte do povo mineiro. Este pessoal mediante desmatamento, extinguiu centenas de fontes que alimentavam este grande rio; em menor escala, os bahianos. Quanto ao Ex-Deputado Rogério Marinho somente elogios. Grande Parlamentar. Não se reelegeu devido à ignorância de parte do próprio eleitorado do Rio Grande do Norte. Pena!

Deixe uma resposta