1 pensou em “DE QUEM É JABUTI PODRE DO PLANALTO

  1. Nêumanne, deixa o Fabrício Queirós viver sua enfermidade em paz. Ora, se ele recebia parte dos salários dos assessores do gabinete do Flávio Bolsonaro, então está justificado; ele usou o dinheiro para pagar a conta do hospital.

    64 mil é dinheiro para mim, mas não é nada perto do que os políticos do centrão desviam, na casa dos bilhões.

    à propósito, V. vai na passeata de domingo?

Deixe uma resposta para João Francisco Cancelar resposta