AUGUSTO NUNES

BESTA QUADRADA

Humberto Costa, o Drácula da Odebrecht, jura que a Lava Jato desmantelou o maior esquema corrupto da História só para impedir que Lula disputasse a eleição

“Temos conhecimento de que a parcialidade da Lava Jato no Brasil começou há muito tempo. No ano passado, a perseguição se intensificou para evitar que o líder nas pesquisas eleitorais, o ex-presidente Lula, disputasse o pleito. Hoje, estamos vendo os responsáveis por tudo isso sob absoluta suspeita. Eles agiram de foram criminosa e corrupta. Eles tentaram organizar fundações e entidades por meio de sociedade oculta e agenciaram entre si a realização de palestras. Agora, temos certeza que a perseguição a Lula também teve um caráter não só político, mas também financeiro”.

Humberto Costa, senador do PT de Pernambuco, conhecido pelo codinome Drácula no Departamento de Propinas da Odebrecht, numa reunião do Parlamento do Mercosul ocorrida no Uruguai, garantindo que, só para impedir que Lula disputasse a eleição presidencial de 2018, a Operação Lava Jato executou manobras diversionistas que incluem, até o momento, 1.237 mandados de busca e apreensão, 184 acordos de colaboração premiada, 11 acordos de leniência, 2.476 procedimentos, 160 prisões preventivas e 159 condenações, fora o resto.

AUGUSTO NUNES

AMANTE ATRIZ

A ré Gleisi Hoffmann consegue dissertar sobre o papel dos magistrados sem ficar ruborizada

“A lei proíbe interferência de juízes em acordos de delação, mas Moro mesmo assim influenciou. Diálogos mostram que o ‘russo’ precisava ser consultado. Papel do magistrado é atestar a legalidade do acordo depois de fechado e não influenciar. Moro moralista sem moral”.

Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, revelando que a ré conhecida pelo codinome Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht consegue dissertar sobre o papel dos juízes, a moral e os bons costumes sem ficar ruborizada.

AUGUSTO NUNES

ESPELHO MEU

Jandira Feghali tem certeza de que todo mundo é igualzinho a Jandira Feghali

“É o fim do que conhecemos como democracia. Segundo Intercept, a dupla Dallagnol e Moro tramou por anos na escuridão vilipendiar a Justiça por interesse próprio. Um, com projeto de poder, outro, para lucrar. É nojento, abominável e medieval. #VazaJato“.

Jandira Feghali, deputada federal pelo PCdoB fluminense, no Twitter, deixando claro que acha que todo mundo age igualzinho à turma de Jandira Feghali.

AUGUSTO NUNES

AUTOCRÍTICA É ISSO AÍ

Da cadeia, Lula chama estudantes para a briga

“A geração de vocês tem o desafio de lutar contra o atraso, contra a opressão e contra a ignorância. Vocês aprenderam que as pessoas e o país podem melhorar muito quando ampliamos o acesso à educação. E agora podem ensinar como é importante lutar para que todos e todas, sem exceção, tenham educação de qualidade. Desejo de coração que façam um grande Congresso da UNE e que jamais desistam da alegria, da liberdade e da confiança no futuro que vocês estão construindo. Viva a democracia”.

Lula, em carta enviada da cadeia aos participantes do 57° Congresso da UNE, conclamando os estudantes brasileiros à luta contra todos os equívocos, bandalheiras, males e estragos legados pelos governos Lula e Dilma Rousseff.

AUGUSTO NUNES

SE ALMOÇAR, NÃO DIRIJA (MST)

Stédile reforça a suspeita de que, como fazia Lula em liberdade, está matando a sede durante o almoço

“Com as revelações de Glenn, podemos dizer que Lula é inocente, que está preso pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos — que é chefe de Moro. Temos de chegar no povão. Se o povão não for pra rua, Lula não será liberto. O que estamos fazendo para chegar ao povão e dizer que o que está em jogo é mais que a Petrobras, que as estatais? O que está em jogo é o Brasil como nação. A nação, da qual o povo faz parte, corre risco”.

João Pedro Stédile, líder do MST, em discurseira no Congresso da UNE, em Brasília, reforçando a suspeita de que anda bebendo mais que Lula quando o ex-presidente presidiário exercia o direito de ir e vir entre uma reunião política e o bar do instituto que leva seu nome.

AUGUSTO NUNES

UM ESTRAGO E TANTO

Haddad reconhece que Temer e Bolsonaro não conseguiram em poucos meses neutralizar a desastrosa herança deixada por 13 anos de desgoverno petista

“A reforma trabalhista tornou ainda mais precário o mercado de trabalho, reduzindo o salário médio direto e benefícios. O teto de gastos vem diminuindo gradualmente o chamado ‘salário indireto’, pago pelo Estado na forma de serviços públicos ou transferência de renda. E agora, a reforma da Previdência aumenta a desigualdade no acesso à aposentadoria”.

Fernando Haddad, sem ocupação conhecida desde outubro, em artigo publicado na Folha, constatando que Michel Temer e Jair Bolsonaro não conseguiram consertar em poucos meses os estragos provocados por 13 anos de desgoverno petista.

AUGUSTO NUNES

DILMA VOLTOU!

A doutora em nada explica em dilmês castiço que os vazamentos do Intercept podem ser importantes, irrelevantes ou explosivos

“Primeiro, se há… se há vazamento, foi um hacker. Foi um hacker. Mas, se há vazamento, e foi um hacker, o vazamento não tem tanta importância. Se há vazamento, foi um hacker, e o vazamento não tem tanta importância, o que que se faz? Se trata como? Se considera o quê? Ah… num tem, num… num… não podemu levar em conta. Ah, mas se tivermos, se for um vazamento, e tem importância, o que que acontece? Ah, foi em nome do combate à corrupção. Então esse raciocínio é uma bomba atômica em cima do sistema de Justiça desse país. Quem concordar com ele está… está condenando o Estado Democrático”.

Dilma Rousseff, depois de conversar com o ex-presidente presidiário em Curitiba, explicando em dilmês castiço que os vazamentos divulgados pelo site Intercept têm importância mas não têm importância, e podem virar uma bomba atômica se houver corrupção no meio do raciocínio.

AUGUSTO NUNES

SOLUÇÃO PROBLEMÁTICA

Maria do Rosário confessa que integrou um bando mas não revela tudo o que fez

“Eu tive a honra de trabalhar com a presidenta Dilma e com o presidente Lula! Junto com Benedita da Silva, Alexandre Padilha e Gleisi Hoffmann!”

Maria do Rosário, deputada federal do PT gaucho, conhecida pelo codinome Solução no Departamento de Propinas da Odebrecht, admitindo no meio de uma discurseira sobre a reforma da Previdência que integrou o bando desmantelado pela Lava Jato, mas evitando revelar tudo o que fez.

AUGUSTO NUNES

POBRES HERMANOS

Alberto Fernández confirma que, em matéria de fauna política, a Argentina do peronismo é páreo duro para o Brasil do PT

“A detenção de Lula é uma mácula ao Estado de Direito do país. Me preocupa enormemente o que tem acontecido em nosso continente, em especial por aqui. O Brasil não merece uma mancha como a prisão política de Lula. O povo não também não merece”.

Alberto Fernández, candidato a presidente da Argentina, em entrevista concedida ao site do PT depois de visitar Lula na cadeia, confirmando que, em matéria de fauna política, a Terra do Tango é páreo duro para o País do Carnaval.

AUGUSTO NUNES