1 pensou em “BEM LONGE

  1. A primeira grande questão que deveremos fazer é quem está pagando a disponibilização de recursos para manter essas cavalgaduras indecentes no exterior.
    Notadamente se considerarmos que, como bem sabemos, viver na Europa, diferentemente de viver em paraísos como Cuba, Venezuela, Honduras, etc., é caro, mas, provavelmente, como esses soldados da democracia ainda não se consideram aptos a usufruir das tantas benesses que esses paraísos proveem aos seus.

Deixe uma resposta