A VENTA DA PROCURADORA

Uma das coisas mais lindas deste país é a venta da Procuradora-Geral da República Federativa do Brasil.

Vejam que par de buracos nasais belíssimos, emoldurando o beiço superior da dotôra:

A venta da Procuradora Raquel Dodge é um verdadeiro símbolo artístico, de uma beleza infinitamente superior à da venta da petista Gleisi Hoffmann.

Mas o que me veio logo à lembrança, quando olhei esta foto aí de cima, foi a alvíssima cor branca dessa nossa competente e importante autoridade.

Branquela dos zoios zazuis.

Se ela fosse negra e eu a chamasse de Macaca, certamente que os tabacudos dos militantes contra o racismo iriam me baixar o cacete.

Mas como ela é branca, posso chamá-la impunemente de Ursa.

Sem qualquer problema.

Babaca zisquerdóide algum vai me encher o saco.

E se algum vier me aporrinhar, eu mando tomar no olho do furico e no buraco das ventas.

A Procuradora-Geral da República do Brasil fazendo uma pose especial para o Jornal da Besta Fubana, sentada no seu seu majestoso trono

3 comentários em “A VENTA DA PROCURADORA

Deixe uma resposta