BEBENDO ÁGUA FRANCESA

Além de bons negócios, a reunião bilateral com a França rendeu também fotos excelentes.

Em uma, o presidente francês Emmanuel Macron, gentil, dispensou o garçom e serviu água ao colega brasileiro Jair Bolsonaro.

* * *

Se fosse nos tempos de Lula, ao invés da finíssima água mineral francesa, Macron teria servido uma talagada de aguardente, cedida pela embaixada brasileira em Paris.

O fato é que me deu uma sede danada quando vi a foto.

O colunista Goiano, que se encontra na França a serviço do JBF, criticou severamente a postura subserviente, bajulatória e colonizada de Macron.

5 pensou em “BEBENDO ÁGUA FRANCESA

  1. Não, não critiquei. Como todos sabem, Bolsonaro teve de arregar de suas convicções quanto à defesa do meio ambiente para fechar o trampo, arregando também de não participar do acordo de Paris. Ele vai acabar virando um democrata, por imposição externa.

    • Pocha vida, se Bolsonaro conseguiu se tornar um democrata convicto e bebe água da mão do Macron, realmente é possível a cura gay.

      Só não é possível a cura da psicopatia do amor pelo Lula. o armageddon chega antes.

    • Para conhecer Inácio, ponha-o num Palácio. Bolsonaro só nao esta surpeendendo quem votou nele. Está ficando difícil a situação de quem continua a critica-lo. Exceção se faça à turma próxima ao poder que, deslumbrada, tem atrapalhado bastante.

  2. Nem se compara a decência de Bolsonaro com a indecência do meliante e cachaceiro preso em Curitiba. Dizem que o criminoso até pediu para participar do Vem para Rua deste domingo , mas quando soube que ficaria com algemas e bola de ferro nos pés, desistiu. Achou complicado fugir!.

Deixe uma resposta