O MEU NIRVANA – Augusto dos Anjos

No alheamento da obscura forma humana,
De que, pensando, me desencarcero,
Foi que eu, num grito de emoção, sincero
Encontrei, afinal, o meu Nirvana!

Nessa manumissão schopenhauereana,
Onde a Vida do humano aspecto fero
Se desarraiga, eu, feito força, impero
Na imanência da Ideia Soberana!

Destruída a sensação que oriunda fora
Do tacto – ínfima antena aferidora
Destas tegumentárias mãos plebeias –

Gozo o prazer, que os anos não carcomem,
De haver trocado a minha forma de homem
Pela imortalidade das Ideias!

Colaboração de Pedro Malta

Deixe o seu comentário

ROQUE NUNES – CAMPO GRANDE-MS

Papa Berto, Primeiro e único

Acabei de “ponhá” 50 caraminguás na sua conta para ajudar na compra da ração do Polodoro e pagar as horas extras da Chupicleide.

Como sou analfabáitico em mandar esses recibos via “infernet”, é só conferir lá.

Sou de Campo Grande, capital do Glorioso Mato Grosso do Sul, terra de gente abestada metida a valente e fubânicos convictos.

E continue dos brindando com notícias da hora

R. Meu caro leitor, não precisa mandar recibo do depósito.

Chupicleide tirou o extrato e viu que o dinheiro já está na conta desta grande empresa registrada como Complexo Midiático Besta Fubana.

Ela e Polodoro relincharam de alegria com a vossa generosidade.

Polodoro comeu mais ração do que o normal e Chupicleide chega se mijou-se nas calçolas de tanta felicidade.

Toda doação é muito bem vinda e ajuda demais a pagarmos a hospedagem mensal e todas as outras despesas feitas para manter esta gazeta escrota nos ares.

Desde o pagamento do absorvente de Chupicleide até o amolamento das ferraduras de Polodoro.

Espero que o exemplo de vocês doadores amoleça os corações dos miscos, dos fominhas, dos pirangueiros, dos avarentos, dos sovinas, dos manicurtos, dos unhas-de-fome, dos ingenerosos, dos unhacas, dos somíticos e dos miseráveis que não se compadecem com as aperturas  pelas quais passamos.

Abraços para toda patota fubânica de Campo Grande e um excelente final de semana!!!

A  bela e progressista Campo Grande, uma das 27 capitais brasileiras onde esta gazeta escrota é acessada e lida todos os dias da semana

Deixe o seu comentário

TEVE QUE PISAR NA LAMA

O Presidente Bolsonaro deu cartaz a quem não merece.

Desceu lá de cima, teve que pisar na lama do esgoto e rebateu o prisioneiro.

O fato é que, num país onde um bandido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro é autorizado a dar entrevistas, alguma coisa está errada.

Profundamente errada.

E a lei precisa ser revista com urgência.

Não foi por acaso que o povo brasileiro extinguiu e enterrou o PT nas últimas eleições.

7 Comentários

O ESPETÁCULO CONTINUA

Depois do interrogatório de Lula sobre o triplex, em 10 de maio de 2017, Sergio Moro sugeriu que a Lava Jato emitisse uma nota oficial para rebater o “showzinho” da defesa.

É o que consta de uma mensagem roubada à Lava Jato.

A mensagem foi enviada às dez da noite. Lula havia acabado de participar de um showzinho para cinco mil militantes petistas, reunidos em Curitiba – e não um showzão, como se previa.

No palco, Lula havia acusado a Lava Jato de fabricar mentiras para condená-lo e anunciado que estava se “preparando para voltar a ser candidato a presidente da República”.

A estratégia da defesa de Lula sempre foi essa: alegar que Sergio Moro e a Lava Jato o perseguiam apenas para impedir sua candidatura.

Ao sugerir que a Lava Jato emitisse uma nota oficial, esclarecendo os fatos, Sergio Moro evidentemente tentava evitar que o julgamento saísse do terreno das provas e fosse contaminado pela batalha política.

O showzinho da ORCRIM continua.

* * *

Num é bem um showzinho o que a Organização Criminosa continua promovendo.

É uma putalhadazinha. Uma canalhadazinha.

Esses canalhas que compõem a ORCRIM não vão tomar jeito nunca.

Pau no cu deles!!!!

1 Resposta