ATITUDE – Jenário de Fátima

Talvez amor, talvez certo não desse…
O que sonhamos pra nós dois um dia.
Talvez apenas fosse Fantasia,
Destas de quem ama borda e tece.

Contudo amor, a gente envelhece
(… decerto envelhecer não se podia)
E a vida vai ficando mais vazia
Justo quando do amor se mais carece

E vem a noite amor, então sozinho
Ficamos a pensar quantos caminhos
Não fomos por faltar-nos Atitude.

E o preço caro agora que pagamos
É este de achar sempre que estamos
Num mundo em que já nada mais ilude.

Colaboração de Pedro Malta

Deixe uma resposta