ÁGUAS CRUÉIS DE UMA CHUVA INTENSA

Chove na cruel cidade das chuvas cruéis. Desabam morros, soterram-se casas, desfazem-se famílias. Mares revoltos de águas muitas, muito além do que deveriam ser. Gente que não mais verá a cidade. Nunca mais. Esperemos o sol brilhar e reflitamos sobre o proclamado Recife, Capital do Nordeste. E seria, não fosse a miséria vista de baixo, a falta de drenagem dos rios, a não-limpeza dos canais, o lixo no que um dia foi calçada. Lá de cima, drones mágicos, imagens enganosas fazem crer que está encravada no nordeste brasileiro uma Estocolmo, uma Copenhague. A verdade é outra. Quando o Capibaribe banhar–se de sol e os sobrados anciãos da rua da Aurora deixarem-se refletir em suas águas correntes, o Beberibe, mãos dadas com as baronesas flutuantes e cansado de longa viagem desde a Serra de Jacarará, a ele se juntará e, em pouco tempo, já transformados em Oceano, se espalharão mundo afora fantasiados de Mar. E aí o Recife voltará a ser belo, ainda que apenas quando visto e fotografado por drones, no andar de cima.

Toda a série FORROBOXOTE, Livros e Discos, disponível para compra no site Forroboxote. – Link BODEGA. Entregas para todo o Brasil.

2 pensou em “ÁGUAS CRUÉIS DE UMA CHUVA INTENSA

  1. Caríssimo colunista e Poeta e Letrista genial Xico Bizerra:

    Verdade nua e crua: os drones escondem o lamaçal que enlameia essa cidade linda negligenciada por todos aqueles que dela deveriam cuidar.

    Quem anda nas ruas do Recife vê jorrar a putrefação dos esgotos ao ar livre, as sujeiras nas calçadas, as plantas morrendo nos buracos de cada calçada feitos recentemente por um contrato de licitação livre, a critério dos empreiteiros.

    Triste destino para um Cidade Linda que os agentes públicos dão as costas como não houvesse amanhã para as novas gerações curtirem.

    Belíssimo retrato, Grande Poeta! Pena que a realidade está pintada de lama, inclusive nas águas do Capibaribe e Beberibe, este que passa rente à minha casa, em Cajueiro, sangrando!

    Fraternais saudações, Grande Poeta! E obrigado por mais esse belo retrato!

Deixe uma resposta para Xico Bizerra Cancelar resposta