CONFIRMAÇÃO

A redução da pena de Lapa de Corrupto confirma que ele é culpado.

Lógico, claro, evidente.

O canalha não foi absolvido.

Teve apenas o tempo de cadeia reduzido.

Vou reproduzir o que a brava Deputada Carla Zambelli acabou de postar no Twitter:

6 Comentários

MAIS UMA GRANDE PERDA

Integrante do Comando Vermelho, César Augusto de Araújo, de 30 anos, conhecido como PQD, morreu neste domingo, 21, no Hospital Penitenciário do Rio de Janeiro.

O chefe do tráfico do Complexo do Chapadão foi ferido após o seu fuzil calibre .50 explodir enquanto ele o manuseava.

O traficante deu entrada no hospital particular Terezinha de Jesus com perfurações no tórax e no abdômen na quinta-feira, 18.

PQD chegou andando, realizou o pagamento em dinheiro e afirmou que tinha sofrido um “acidente de trabalho”.

* * *

A informação de que o bravo militante PQD morreu em consequência de “acidente de trabalho” foi confirmada pelas petistas Maria do Rosário e Marcia Tiburi.

Marcia Tiburi, Teórica do Assalto e Filósofa do Cu, declarou que houve uma “perda irreparável” para os movimentos sociais.

Maria do Rosário chegou a chorar quando tomou conhecimento do terrível acidente.

Ambas lamentaram bastante a sofrida morte do destacado líder do Comando Vemelho.

A cor que denomina o bando, o vermelho, é a mesma cor do partido destas duas bravas mulheres lulo-petistas.

Além do fato de que as duas organizações, PCC e PT, são ambas comandadas de dentro da cadeia.

Mais um CPF cancelado.

“Morreu uma grande figura, um patriota, um lutador das causas sociais. Sérgio Cabral na cadeia e PQD no túmulo. É muito sofrimento. Xiuf, xiuf, snif, snif…”

4 Comentários

DILMÊS PRIMITIVO

Benedita da Silva informa que a crise provocada pelo governo Dilma, despejada do Planalto em 2016, foi criada pelo governo Bolsonaro, que começou em 2019

“Muito já foi dito sobre os 100 dias de Bolsonaro. Mas uma coisa é preciso acrescentar: o seu desgoverno não diz respeito apenas à notória incapacidade de Bolsonaro, mas representa também a inviabilidade política e econômica do golpe de 2016. Afinal, dado o fracasso de suas candidaturas, todo o sistema golpista se alinhou no segundo turno em torno de Bolsonaro, como tábua de salvação para a continuidade do golpe e de sua política econômica ultraneoliberal, que visa ao desmonte do Estado-Nação brasileiro“.

Benedita da Silva, deputada federal pelo PT fluminense, em artigo no site do PT, revelando que se tornou fluente em dilmês ao tentar explicar que a crise política e econômica provocada por 15 anos de governo petista nasceu nos 100 primeiros dias do governo Bolsonaro.

Deixe o seu comentário

IRINEU – Auta de Souza

Num dia turvo assim foi que partiste
Cheio de dor e de tristeza cheio.
Eu fiquei a chorar num doido anseio
Olhando o espaço merencório, triste.

Não sei se mágoa mais profunda existe
Que esta saudade que me oprime o seio,
Pois a amargura que ferir-me veio
Naquele dia, ó meu irmão! persiste.

Os anos que se foram! Entanto, eu cismo
A todo o instante, no profundo abismo
Que veio a morte entre nós dois abrir.

Mas cada noite, na asa de uma prece,
Ou num raio de sol quando amanhece,
Vejo tua alma para o céu subir…

Colaboração de Pedro Malta

Deixe o seu comentário

BOSTAS DO MESMO PINICO

* * *

A militante petista Mônica Bergamo, assalariada da Folha Esgoto de S.Paulo, deu esta nota aí de cima mas esqueceu de alguns detalhes.

Detalhes que foram revelados pela página O Antagonista, aquela que foi vítima de suprema truculência.

Vejam:

A colunista social informa que um grupo de advogados organiza um “jantar de desagravo” a Dias Toffoli.

Eles também vão assinar um manifesto dizendo que o STF é “vítima de ataques e injúrias que tentam ‘intimidar’ ministros do STF e do STJ.

Os ataques seriam motivados por “concepções que ‘flertam, de forma escancarada, com o fascismo’”.

Só não é informado que dois dos principais organizadores citados nominalmente na nota são advogados de Aécio Neves (Alberto Toron, que também é advogado de Dilma Rousseff) e José Dirceu (Roberto Podval).

PT UNIDO

O jantar de desagravo a Dias Toffoli está sendo organizado também por Marco Aurélio de Carvalho, que foi coordenador jurídico do PT e é sócio de José Eduardo Cardozo.

Tão vendo, que lindo?

O dotô que defende Aécio é o mesmo que defende Dilma.

Pra completar, é citado também o nome do condenado petralha Zé Dirceu.

Um trio de bandidões banânicos de lascar o cano!!!

E ainda tem o Zé Cardoso, filiado ao PT e que foi ministro da justiça de Dilma.

De fato, como diz a nota d’O Antagonista, o PT está unido para fazer um jantar de desagravo ao seu ilustre militante, hoje presidindo o poder judiciário (Eca!!!) do país.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!

Em homenagem a todos os citados na nota aí de cima, vamos tocar uma musiquinha bem carinhosa.

7 Comentários

OS NOVOS ARES DO JORNALISMO HONESTO

Anderson Feitosa

Ontem, tive a excelente oportunidade de assistir à entrevista do caríssimo jornalista Alexandre Garcia, concedida a outra caríssima jornalista, Leda Nagle, no seu canal do Youtube. O vídeo me deixou fascinado! Constatei, mais uma vez, que há uma discrepância enorme do jornalismo verdadeiramente tradicional, sério, compromissado e honesto com esses conteúdos pífios e desinformantes que são publicados hoje na maioria dos canais de comunicação brasileiros.

Durante a conversa, podemos observar a simplicidade e autenticidade dos dois jornalistas. A forma como citam histórias e relatam acontecimentos nos ajudam a enxergar que realmente existem duas pessoas, dois humanos, antes de tudo, por trás das mensagens que buscam nos transmitir. Em uma linguagem mais pobre, podemos dizer que são pessoas originais, que não se deixam levar por modas e tentações quaisquer. Não são gado de ninguém.

O histórico profissional do Alexandre Garcia é sensacional. Seus relatos e experiências, alguns contados com muito bom humor durante a entrevista, mostram o tamanho do conhecimento e da bagagem intelectual que ele carrega consigo nessas quatro décadas de jornalismo que exerce. Pude observar toda a honestidade por trás de um homem que sempre teve um compromisso digníssimo por trás de seu trabalho. Expresso aqui toda a minha admiração a esse excelente e verdadeiro jornalista.

Leda Nagle também não deixa a desejar nesses aspectos. A prova disso é que seu canal independente no Youtube tem crescido e ganhado destaque de forma consistente ultimamente, devido ao seu profissionalismo honesto e de alto padrão, como podemos observar nas suas tantas entrevistas. Gosto muito de assisti-las, sempre que tenho tempo.

Mas tudo isso nos leva a uma pequena reflexão. Por que esses grandes nomes do jornalismo brasileiro, pessoas brilhantes em suas áreas profissionais, não estão no topo dos maiores e principais canais de imprensa do País? Por que não fazem mais parte das mídias tradicionais e históricas, que existem há tantos anos, do Brasil?

Claramente algum fenômeno há de explicar tamanha estranheza. E explica, de fato. Tudo isso tem ocorrido por causa da militância política e ideológica que dominou ferozmente a direção dos principais veículos de informação. De alguns anos para cá, muitos jornalistas foram obrigados a tomar uma escolha radical: ou convergiam com a visão militante dentro da imprensa, ou afastavam-se de seus cargos e procuravam outra forma de continuar exercendo sua profissão. Nossa sorte é que a qualidade sempre supera esse tipo de obstáculo, e os grandes nomes do jornalismo encontraram a internet e outros veículos menores como refúgio para veicular seus excelentes trabalhos.

Não é à toa que esses canais independentes têm crescido substancialmente no Brasil. O Alexandre Garcia, como disse na entrevista, escreve hoje artigos para 20 jornais, grava um programa diário para mais de 300 emissoras de rádio espalhadas pelo Brasil, faz um programa diário ao vivo por uma rádio de São Paulo, além de tocar o seu canal próprio no Youtube. Sempre com uma excelência indescritível. Além do canal da Leda, ainda podemos citar tantas outras mídias que tem ganhado muito prestígio popular pela honestidade de seu trabalho, como o Terça Livre, o Renova Mídia, o Painel WW de William Waack, e o próprio Conexão Política, para lembrar de poucos.

Essas mídias independentes são os novos ares no jornalismo de qualidade no Brasil. Por um lado, isso é bom, pois sabemos que nenhuma forma de censura ou de militância escondida por trás da informação impedirá a saudável liberdade de expressão. No entanto, é lamentável que tenhamos chegado ao ponto de expulsar das principais empresas de comunicação os melhores nomes profissionais do mercado.

No mais, deixo aqui o vídeo da entrevista, que recomendo fortemente aos leitores que assistam. A qualidade da conversa e a quantidade de conhecimento que adquirimos nela são impagáveis. Desejo todo sucesso a esses profissionais competentíssimos do jornalismo brasileiro, que são muitos. Espero que tenham cada vez mais alcance e mais espaço em meio à população.

1 Resposta