ENTRE O MANICÔMIO E O PURGATÓRIO

Frei Betto revela que tem tido visões de “mobilizações pró Lula livre em todo mundo” e escutado aplausos para o ex-presidente presidiário

“Mil condenações jamais haverão de sombrear o seu protagonismo na história do Brasil e a força de sua liderança popular. Quanto mais tentam esmagá-lo, mais você cresce. Em todo o mundo há mobilizações pró ‘Lula livre’. Ao proferir conferências no exterior e dedicá-las em sua homenagem, seu nome tem sido efusivamente aplaudido. A prisão é um eremitério. Lugar de reflexão e aprofundamento. Sei que você tem aproveitado para avaliar acertos e equívocos dos 13 anos de governo do PT. Os acertos são sobejamente conhecidos”.

Frei Betto, em carta enviada a Lula, revelando que tem tido visões de “mobilizações pró Lula livre em todo mundo”, que tem escutado aplausos efusivos ao dizer seu nome em palestras e que o protagonismo do ex-presidente presidiário tem crescido durante a temporada atrás das grades, fazendo com que os brasileiros imaginem se o ex-frade merece uma temporada num manicômio por excesso de loucura ou no purgatório por excesso de mentiras.

13 Comentários!

RECADO AOS AMIGOS DISTANTES – Cecília Meireles

Meus companheiros amados,
não vos espero nem chamo:
porque vou para outros lados.
Mas é certo que vos amo.

Nem sempre os que estão mais perto
fazem melhor companhia.
Mesmo com sol encoberto,
todos sabem quando é dia.

Pelo vosso campo imenso,
vou cortando meus atalhos.
Por vosso amor é que penso
e me dou tantos trabalhos.

Não condeneis, por enquanto,
minha rebelde maneira.
Para libertar-me tanto,
fico vossa prisioneira.

Por mais que longe pareça,
ides na minha lembrança,
ides na minha cabeça,
valeis a minha Esperança.

Colaboração de Pedro Malta

Deixe o seu comentário

UM BOSTA CAGANDO BOSTAS PELAS BOCA

Vejam estes dois vídeos, na sequência que está a seguir.

No primeiro aparece o descerebrado zisquerdóide Gregório Duduvier, ator e humorista bostoso banânico.

Foi num ato público, no meio da rua, durante ajuntamento de um bando de vagabundos mortadeleiros em Curitiba.

Em sendo um tabacudo zisquerdóide, Gregório concedeu um atestado de honradez e probidade ao Dr. Sérgio Moro, ao se referir ao ministro da maneira como se referiu. 

Atentem para o nível do discurso que Gregório Canalha Duduvier faz e para a reação do curral de antas que escutam o que ele caga pela boca.

Viram???

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

Não existe qualificação para o nível moral, político e ideológico dessa cambada de canalhas safados.

No segundo vídeo aparece o músico, compositor e Youtuber Nando Moura, mostrando quem é este idiota mentiroso do Gregório Duduvier, a propósito de outros assuntos.

No vídeo, Nando o chama de “Boquita”.

Eu acho que o apelido melhor seria “Cara de Bucetita” (sem qualquer ofensa às bucetas, claro).

Deixe o seu comentário

CINISMO É ISSO AÍ

Ao completar um ano de cadeia, Lula insiste em enxergar um preso político no espelho que mostra um corrupto compulsivo

“Por que têm tanto medo de Lula livre, se já alcançaram o objetivo que era impedir minha eleição, se não há nada que sustente essa prisão? Na verdade, o que eles temem é a organização do povo que se identifica com nosso projeto de país. Temem ter de reconhecer as arbitrariedades que cometeram para eleger um presidente incapaz e que nos enche de vergonha“.

Lula, em artigo na Folha escrito por algum devoto alfabetizado e assinado por ele, fingindo ignorar que está preso não porque alguém queria impedir a sua eleição, mas porque foi condenado em segunda instância a mais de 12 anos de cadeia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, em primeira instância a outros 12 anos por corrupção e lavagem de dinheiro no processo que apura a reforma do sítio em Atibaia e porque é réu em outros seis processos que, juntos, podem somar mais 110 anos de gaiola às sentenças que já recebeu.

Deixe o seu comentário

PODES CRER: INFLAÇÃO DE DEZ MILHÕES POR CENTO ! ! !

* * *

Números fantásticos.

Numeros piramidais.

Números surreais.

Números que deverão ser desmentidos pelo fubânico lulo-maduro-bolivariano Ceguinho Teimoso, especialista em estatísticas político-ideológicas.

E, fechando a postagem, um vídeo para treinar vocês em língua istranjeira.

Um vídeo legendado em Espanhol, o idioma falado por Maduro, o mágico responsável por esta incrível ilusão real: uma cifra de 10 milhões por cento.

2 Comentários!

AS FACES DA CHUVA

Quando a chuva esperada
Chega molhando o nordeste
Uma alegria inconteste
Não demora é espalhada
O povo cai na risada
Vendo a água em profusão
Aflora na multidão
Clima de felicidade
Chuva na grande cidade
Não é igual ao sertão.

Quando a chuva chega forte
Inunda a cidade grande
O aguaceiro se expande
Causa dano, causa morte,
O povo fica sem norte
Com tanta destruição
A chuva sem compaixão
Exibe sua crueldade
Chuva na grande cidade
Não é igual ao sertão.

2 Comentários!

ERA SÓLIDO E DESMANCHA NO AR

Bolsonaro arrasou o PT até em tradicionais redutos de Lula, prometeu eliminar a velha política, nomeou os ministros sem ouvir os partidos, atraiu Sérgio Moro, foi recebido pelo mercado com forte alta da Bolsa. Logo no início do Governo apresentou seus projetos de alto impacto, a reforma da Previdência e o pacote contra o crime organizado. Recebeu a bênção de ter a oposição sob o comando de Gleisi e Haddad, que não se movem sem buscar instruções na cadeia. Deveria ostentar um nível inédito de popularidade; mas, insistindo em discussões inúteis sobre temas do passado longínquo, em brigas inúteis com quem não tinha motivos para hostilizá-lo, sem disposição para enquadrar as várias alas de seu Governo, tem hoje popularidade inferior à dos últimos presidentes, no mesmo período – inclusive Collor, que confiscou o dinheiro de população. Consegue estar abaixo até de Dilma.

Que é que aconteceu? Como se derreteu o Governo? Houve erros, claro; houve ministros que não se mostraram capazes, houve brigas com aliados (como Gustavo Bebianno), houve hostilidade à imprensa – que reagiu na mesma moeda, há administração por atrito. E houve, principalmente, decepção dos que esperavam um presidente pronto para se impor, com a força derivada de seus votos, e encontraram um líder hesitante, na defensiva, cheio de dedos para se livrar de gente próxima sob suspeita.

Quem votou no Super-Homem se decepcionou ao eleger Clark Kent.

Vai passar

A reforma da Previdência já é debatida na Comissão de Constituição e Justiça e, ao que tudo indica, estará encerrada e aprovada no dia 17. O PT tenta retirá-la de pauta, atrasando a votação e a entrada em vigor, caso aprovada. Opinião deste colunista, com base na Pesquisa DataChute: a reforma deve ser aprovada, com modificações, mas nada que a desfigure.

De briga

Abraham Weintraub, ministro da Educação, é economista, estudioso da Previdência. Fez campanha por Bolsonaro e foi levado ao Governo por Paulo Guedes. É professor rigoroso e, dizem, pessoa de trato difícil. Já se manifestou contra o que considera viés esquerdista no ensino superior. E, embora talvez tenha pontos de contato com Olavo de Carvalho, não é um olavete. Como se divulga que é “discípulo” de Olavo, um ótimo jornalista, dos que nada publicam sem confirmação, perguntou a uma repórter qual a ligação de entre ambos. Ela não sabia, mas disse que Weintraub era “considerado” seu discípulo. Considerado por quem? “Por todos, ué”.

Togas em festa

O Superior Tribunal de Justiça completou 30 anos e a data foi marcada por bela festa, paga pela Associação dos Magistrados Brasileiros, AMB. Época de contenção de despesas? Vejamos o que diz a empresa Renata la Porta Buffet, responsável pelo jantar: “Hoje é um dia de abundância: entrega de vinhos maravilhosos, caixas e mais caixas de materiais novos e a cozinha a mil, produzindo festas incríveis: amanhã estaremos celebrando os 30 anos do STJ para 800 convidados”. Preço, processo de contratação? Nem STJ nem AMB se manifestaram. A AMB só disse que pagou a festa sem qualquer apoio, direto ou indireto, de empresas públicas ou privadas. Além da festa, houve o seminário internacional O Poder Judiciário nas Relações Internacionais. Amanhã tudo termina com jantar num bom restaurante.

Tempestade do Rio

Disputa entre o prefeito carioca, Marcelo Crivella, e o Governo Federal: Crivella diz que Bolsonaro prometeu ampliar a participação de Estados e Municípios nas receitas do país, e que isso não ocorreu. Isso não ocorreu mesmo; mas a Prefeitura do Rio não aplicou até agora nenhum centavo de seu orçamento em obras de prevenção de enchentes. O Rio tem tido problemas sérios, com chuvas mais abundantes que as normais, numa fase em que não há investimento algum no setor. Detalhe: Crivella é um dos principais políticos do PRB, ligado à Igreja Universal, que apoia Bolsonaro.

Cai, cai

A Ciclovia Tim Maia, no Rio, que liga o Leblon à Barra da Tijuca, à beira-mar, desabou mais uma vez com as chuvas e as enchentes. Desde que foi inaugurada pelo prefeito Eduardo Paes, em janeiro de 2016, é seu quarto desabamento. Comparando: o Aterro do Flamengo, construído no Governo Carlos Lacerda há mais de 50 anos, nunca teve qualquer problema desse tipo, embora a cidade tenha tomado muito terreno ao mar. Explica-se: para realizar a obra, foram contratados estudos do Laboratório Hidrológico de Lisboa, um dos mais avançados do mundo. Houve medições, modelos matemáticos, construção correta, que seguiu o projeto, e a obra mudou a cara do Rio para melhor – o que parecia impossível. Como foi feita a ciclovia? O que se sabe é que desabou tantas vezes que talvez seja inviável reconstruí-la.

4 Comentários!

UMA PESQUISA VERMÊIA-ISTRELADA

A diputada Benedita da Silva, aquela petista idiota (desculpem a redundância), montou ontem uma pesquisa no seu Twitter.

Hoje, às 8:10 da manhã, os números eram estes:

Os petistas, os cumunistas, os zisquerdistas e os oposicionistas de um modo geral, precisam reagir.

Vá lá e dê o seu voto.

É só clicar aqui

“Tamos perdendo de novo…. Xiuf, xiuf, snif, snif…”

* * *

ATUALIZAÇÕES

8:30 HS

* * *

9:00 HS

* * *

10:00 HS

* * *

10:45 HS

* * *

12:20 HS

* * *

14:46 HS

 

5 Comentários!